NA BELEZA




Adalgisa Colombo - Modelo e atriz, nascida em 11/01/1940 no Rio de Janeiro (RJ), Adalgisa Colombo Teruzkin, foi Miss Brasil 1958, sendo a primeira representante do Rio de Janeiro, ficando em segundo lugar no Miss Universo no mesmo ano. Renunciou seu reinado de Miss para se casar. Fez alguns filmes, como "Água na boca, mas sua carreira de atriz não foi adiante. Nos anos 60 trabalhou como apresentadora de programas femininos na TV Rio. Morreu no Rio de Janeiro, em 17/01/2013, aos 73 anos, de causa não divulgada pela família. Seu corpo está enterrado no Cemitério Israelita Vitar dos Teles, RJ.






Alek Wek – Modelo nascida em Wau, no Sudão do Sul, África, em 16/04/1977, fugiu da guerra civil em 1991, aos 14 anos, indo para a França em companhia da mãe e de 8 irmãos. Aos 21 anos foi descoberta na rua por uma funcionária da agência Models One e passou a desfilar para estilistas famosos e estampar várias revistas. É membro do U.S. Comittee for Refugees Advisory Council, para chamar a atenção para os refugiados, como ela. Em 1995 participou do vídeo Golden Eye, de Tina Turner e de um clip do cantor Michel Jackson. Em 1996 assinou contrato com a Ford Models e no ano seguinte venceu um concurso da "Modelo do Ano", pela MTV. Em seguida, participou de campanhas publicitárias, estampou calendários e desfilou para grandes marcas de roupas e de cosméticos e criou uma marca de bolsas com o nome Wek 1993 (ano de nascimento do pai dela). Em 2002 participou como atriz do filme "The Four Feathers as Sudanese princess Aquol".






Anna Pegova - Cosmetóloga e empresária nascida em 1896 na Rússia, deixou seu país durante a Revolução, em 1920, indo para a França, onde dez anos depois começou a carreira na área da beleza. Descobriu matérias básicas para cosméticos e criou técnicas estéticas, como o peeling vegetal. Seu salão de beleza na avenida Matignon, em Paris, era frequentado por personalidades dos anos 40, como a cantora Edith Piaf. Depois, ela ampliou seu negócio para diversas partes do mundo, como Brasil, Austrália, Canadá e Argentina, e em 1991 foi aberto outro salão, também em Paris, na rua Royale e na Faoubourg Saint Honoré. Após sua morte, seu filho tomou a frente do instituto, mas depois vendeu a marca para parentes, que se fixaram no Brasil. A marca Anna Pegova é conhecida em todo o mundo. Madame Pegova foi grande amiga da cosmetóloga Helena Rubinstein.





Bruna Lombardi - Ex-modelo, escritora, roteirista e atriz, filha do cineasta Ugo Lombardi e da atriz Yvone Sandner, nascida em São Paul, em 01/08/1950, ficou famosa pela beleza nos anos 70. Foi descoberta aos 11 anos, numa apresentação de escola e já foi capa de inúmeras revistas brasileiras. Sua estreia na TV foi na novela "Sem Lenço nem Documento", em 1976. Um ano depois protagonizou a novela "Aritana", ao lado do ator Carlos Alberto Riccelli,  com quem se casou e tem um filho, Kim, que hoje é ator, músico e diretor. Nos anos 90 Bruna deixou o Brasil para fazer cursos de roteiro e desde então, produz filmes. Como escritora, seu livro mais conhecido é "O Perigo do Dragão". Bruna tem um irmão, Roberto, que é engenheiro, e teria projetado a casa dela, no bairro Morumbi, nos anos 80, cheia de vidros e verdes, como ela definiu, na época. Ela posou nua duas vezes e foi convidada, aos 64 anos, mas recusou-se.




Cheryl Tiegs – Modelo nascida em Minnesota (EUA) em 25/09/1947, Cheryl Rae Tiegs é uma supermodelo americana. Foi capa de centenas de revistas, entre as quais Swimsuit Issue, Glamour, Elle, TIME, Harper's Bazaar e Vogue. Foi símbolo das garotas bronzeadas da Califórnia nos anos 1970, quando fotografou pela primeira vez para a revista americana Sports Illustrated. Em 2004, foi convidada para a edição especial do 40º aniversário, posando junto das principais modelos que fizeram a história e o sucesso da revista. Foi a primeira modelo americana a ganhar status de celebridade. Em 1979 viajou para o Quênia, em companhia do fotógrafo Peter Beard, em Nova Iorque, com quem se casou e teve dois filhos. A viagem, uma expedição fotográfica, mostrou a destruição da selva africana e lhe rendeu um documentário premiado. Em 1980 lançou uma  linha de roupas e acessórios para a Sears, que vendeu um bilhão de peças, nove anos depois. Em 1990 foi criada uma boneca à sua semelhança e perucas baseadas no seu cabelo natural, além de acessórios para a Revlon. É porta-voz do programa Renovação: Um Tempo para Você, que fala sobre estilo de vida saudável para as mulheres. Como ativista, dá palestras e faz campanhas pela natureza bem estar, etc. Foi casada outras três vezes: com o executivo de publicidade, Stan Dragoti, com o ator Anthony Peck, com quem teve um filho, e com o instrutor de yoga, Rod Stryker.






Cláudia Schiffer – Modelo nascida em 25/08/1970 em Rheinberg, Düsseldorf, Alemanha, filha de advogado e dona-de-casa, Claudia Maria Schiffer foi uma das modelos mais bem pagas do mundo. Descoberta numa discoteca alemã, chegou a assinar um contrato de 6 milhões de dólares com a empresa de cosméticos Revlon. Entrou para o Guinness Book como a modelo que fez mais capas de revistas em todo mundo, tendo  aparecido em mais de 1000 capas de revista. Produziu vídeos de ginástica, escreveu sua autobiografia e tem um bar-restaurante em Nova Iorque. Ex-mulher do ilusionista David Copperfield, teve um rápido romance com Axl Rose, líder da banda Guns N' Roses, foi noiva do mágico David Copperfield e em 2002 casou-se com o diretor e produtor Mattew Vaughn, com quem tem três filhos.








Cindy Crawford – Modelo nascida nascida em 20/02/1966 em Illinois (EUA), Cynthia Ann Crawford começou a carreira de modelo após ganhar o concurso Look of the Year da Elite Model em 1983. Foi descoberta por um fotógrafo, quando colhia milho durante um trabalho de verão. Chegou a cursar Engenharia Química, mas deixou os estudos quando começou a ficar famosa. Em 1988 posou nua para a Playboy, sendo a primeira supermodelo a aceitar este trabalho, o que lhe rendeu um contrato com a MTV, de apresentadora de programa. Casada com um empresário, tem 2 filhos. Ganha cerca de sete milhões de reais por ano. Já fez mais de 400 capas em todo o mundo. É ainda cantora e atriz, mas sem tanto sucesso como no mundo da moda. Foi casada também com o ator Richard Gere. Sua marca é uma pinta ao lado da boca, que se recusou a tirar, apesar dos pedidos das agências. Soube aproveitar muito bem a fama, aceitando contratos milionários com empresas de diversos ramos (alimentícios, cosméticos, etc). Na infância, perdeu um irmão para a leucemia e por isso, faz campanhas contra a doença, além de investir parte de seu dinheiro para clínicas especializadas.





Cindy Jackson – Artista plástica, cantora, compositora de rock e fotógrafa nascida em Ohio (EUA) em 24/04/1956, filha de um inventor, ficou conhecida pelas 42 plásticas que fez para tornar-se parecida com a boneca Barbie, tendo sido incluída no Livro dos Records, em 2000, como a mulher que mais fez plásticas no mundo. As cirurgias foram feitas graças a uma herança de 99 mil dólares deixada pelo pai, que a rejeitava. Consertou o nariz, fez 7 lipos, implantes de silicone, transplante capilar, maquiagem permanente, tratamentos de pele, transferências de gordura, alterações no maxilar e cosmética dental. Antes das plásticas se achava feia, incapaz de atrair homens charmosos e bonitos. Vive na Inglaterra. Estudou Artes na universidade de Ohio e se mudou para Londres em 1977. Trabalha como cantora, cantando em alemão, francês e inglês. Escreveu dois best sellers: "Vida de Boneca" e "Segredos da Cirurgia Plástica".






Elizabeth Arden - Enfermeira nascida em 31/12/1878, órfa de mãe aos 6 anos, Florence Nightingale Graham, começou a carreira na área estética, ao tentar fazer um hidratante, contra queimaduras, utilizando loções e pastas em sua cozinha. O cheiro forte dos produtos (leite e ovos, por exemplo), levaram os vizinhos a acreditarem que a família comia comida estragada. Com 30 anos foi para Nova Iorque, onde conheceu um químico que a ajudou a preparar um creme de massagem facial que rapidamente ficou famoso entre as mulheres. Em 1910 abriu um salão de beleza, na Quinta Avenida, mudou seu nome para Elizabeth Arden, em homenagem à sua ex-sócia, e ao poema “Enoch Arden”, de Alfred Tennyson,  ficando conhecida na alta sociedade americana. Para chamar a atenção das clientes, colocou uma porta vermelha luminosa e divulgava seus produtos porta-a-porta. Criativa, inventou ainda estilos de maquiagem, do tipo "olhar fatal" e kits conhecidos por "home SPA", que incluíam um disco de beleza com o nome "The sound of Beautry". Viajou o mundo para divulgar seus produtos, abrindo filiais em vários países. Nos anos 30, mais de 600 produtos levavam seu nome. Durante a Segunda Guerra Mundial criou um batom vermelho, o 'Montezuma Red', para ser usado pelas mulheres das forças armadas, de forma a contrastar com a cor sem-graça dos uniformes das moças. Em 1962 recebeu do governo francês, a condecoração "Légion d'Honneur" pela enorme contribuição à estética.  Foi uma das únicas mulheres a estampar a capa da revista Time e a apresentar um programa na TV NBC, o "Elizabeth Arden Way to Beauty". Morreu aos 88 anos, em 8/10/1966 e o corpo foi enterrado no cemitário de Sleep Hollow.




Estée Laudér – Empresária judia nascida em 01/07/1908 em Nova Iorque (EUA), Josephine Esther Mentzer ficou conhecida como a 'Rainha Americana dos Cosméticos' por criar um jeito de vender produtos, oferecendo amostras grátis para as consumidoras. Começou a carreira vendendo cremes produzidos por um tio que era químico, e em 1948 passou a vender seus próprios cosméticos. Em 1953 lançou sua primeira essência, 'Youth Dew', e em 1968 lançou a marca Clinique. Recebeu vários prêmios e medalhas por suas criações e ajuda à humanidade: fundou escolas judaicas em Varsóvia, Praga e Budapeste, centros de juventude e um centro judaico para a comunidade de Cracóvia, além de enviar para a Hungria, rabinos e educadores. Seus parentes morreram no Holocausto e por isso suas empresas apóiam movimentos que lutam contra o nazismo. A 'Estée Lauder', que funciona em Manhattan, é uma das maiores empresas de cosméticos do mundo. Foi casada com Joseph Lauder, criador de várias marcas da empresa, como a Clinique e a Origins. Morreu em 24/04/2004, aos 94 anos. Teve dois filhos, que hoje são diretores de suas empresas. 






Gisele Bundchen – Modelo nascida em Horizontina, no Rio Grande do Sul em 20/07/1980, descendente de alemães, Gisele Caroline Bundchen começou a carreira aos 13 anos, ao ser descoberta numa lanchonete em São Paulo (SP). Vive nos Estados Unidos, onde tem contrato de exclusividade com uma fábrica de lingeries. Chega a faturar por dia mais de 20 mil dólares. Seu rosto já estampou mais de 15 revistas estrangeiras. Em 2005 estreou como atriz no filme 'Taxi'. Recebe por ano mais de 5 milhões de dólares. Em 2005 recebeu o prêmio de "Modelo do Ano" e o título de "A Garota Mais Bonita do Mundo" pela revista Rolling Stone. Tem cinco irmãs (é gêmea de Patrícia). Foi namorada do ator Leonardo Di Caprio e de um surfista americano e é casada com o jogador de futebol Tom Brady, com quem tem um casal de filhos. No início da carreira, foi desaconselhada a não tentar a carreira de modelo por causa do nariz grande. Sua fortuna está avaliada em 150 milhões de dólares, aparecendo no Guiness Book como a modelo mais bem paga do mundo. É ativista social e adere a várias campanhas em favor das crianças, dos animais, da natureza e pela saúde. É embaixadora da Boa Vontage, pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente.




Heather Whitestone - Bailarina e Miss América 1995 nascida em 24/02/1973 no Alabama (EUA), Heather Whitestone McCallum é a primeira portadora de deficiência física a ganhar a coroa (Heather é surda). Antes, porém, já havia ganho vários concursos de beleza. Ficou surda com um ano e meio de idade, por causa de uma bactéria, e aprendeu a ler os lábios das pessoas. É a porta-voz da Fundação Helen Keller para Pesquisa sobre o Olho e da Fundação Starkey para Aparelhos Auditivos. Escreveu três livros: "Ouvindo com meu Coração", "Deixe que Deus surpreenda você" e "Acreditando na Promessa". É casada desde 1996 com John McCallun, com quem tem três filhos. Em 2002 ela implantou um aparelho no ouvido direito para audição, na tentativa de ouvir a voz do filho pequeno, mas o implante acabou sendo muito criticado. Em 2010 renunciou ao cargo ao senado nos Estados Unidos, mas é membro da fundação Helen Keller, e do Conselho Consultivo do Instituto Nacional de Saúde de Surdez. Ao lado do marido, dá palestras motivacionais.




Helena Rubinstein – Empresária nascida em 25/12/1870 na Cracóvia, Polônia, é considerada a primeira cientista da beleza. Criou as bases para a indústria cosmética e fez sucesso ao criar o Crème Valaze à base de ervas para a pele, a partir de fórmulas médicas e pomadas. Abriu seu primeiro salão na Austrália, em 1902, onde se mudou aos 18 anos. Depois abriu outros salões, em Londres, Nova Iorque e Paris. Criou a classificação entre peles seca, normal e oleosa usada até hoje pela indústria de cosméticos, lançou hidratante e pó-de-arroz e inventou o 'Dia da Beleza". Fundou o Helena Rubinstein Pavilion da arte contemporânea em Telaviv, e a Fundação Helena Rubstein, em 1953, que remete fundos para pesquisas em saúde e beleza. Foi casada com o jornalista inglês Edward Titus, com quem teve dois filhos, Roy e Horace, e com o príncipe Artchil Gourielli-Tchkonia. Morreu em 01/04/1965, em Nova Iorque (EUA).






Helô Pinheiro – Ex-modelo, atriz, jornalista e professora nascida no Rio de Janeiro (RJ) em 07/07/1945, Heloísa Eneida Menezes Paes Pinto foi musa de Vinícius de Moraes e Tom Jobim, que fizeram para ela a música ‘Garota de Ipanema’ nos anos 60. Tom se apaixonou por Helô ao vê-la passando todos os dias para tomar sol na praia. Participou das novelas globais 'Coração Alado' e 'Água Viva'. Em 2001 foi processada pela família de Vinícius e Tom por colocar fotos dos dois numa loja que abriu no Rio de Janeiro. A notícia repercutiu nos Estados Unidos. É casada com o empresário Fernando Pinheiro com quem tem 4 filhos, sendo que o caçula tem problemas mentais.




Heloísa Helena Belém de Assis, Zica - Ex-empregada doméstica, nascida no Rio de Janeiro, filha de lavadeira e pai biscateiro, é empresária, dona de vários salões de beleza na capital carioca, e um no Espírito Santo. Ficou rica depois de desenvolver um produto que deixa os cabelos crespos mais lisos, com cachos definidos. Para chegar ao resultado final, ela fez experiência em pessoas da família, e chegou a vender o carro do marido para abrir seu primeiro salão. Hoje, fatura mais de 18 milhões de reais por ano com a venda do produto. Zica tem sua própria indústria de cosméticos, a 'Cor Brasil', que produz por mês, 50 toneladas de 25 diferentes produtos.




Ieda Maria Vargas - Miss Universo 1933, nascida em Porto Alegre em 31/12/1944, ganhou outros concursos de beleza, além do Miss Brasil, em concurso realizado no Maracanãzinho, Rio de Janeiro, em cerimônia transmitida pela TV Tupi. Casada com José Carlos Athanázio, teve dois filhos. Foi homenageada na música Miss Universo 63, de Teixeirinha. Aos 55 anos teve um AVC, que a deixou com algumas sequelas. Mora em Gramado, na serra Gaúcha. Nos Estados Unidos chegou a ser convidada para atuar no filme "Pantera cor de rosa", mas se recusou, para voltar ao Brasil e se casar. Foi recebida com pompa pelos brasileiros, com chuvas de papel picado. Foi a primeira miss Universo brasileira. Durante seu reinado, nos Estados Unidos, a mãe de Ieda, se mudou para lá, para acompanhá-la.






Iman Abdulmajid – Modelo, empersária e atriz nascida na Somália, África, em 25/07/1955, filha de diplomata, Iman Mohamed Abdulmajid morou em vários países até ser descoberta por um fotógrafo na universidade de Nairóbi, no Quênia, onde estudava Ciências Políticas.  Atuou nos filmes “House Party 2” e “Star Trek 6”. É fluente em cinco línguas. Mudou-se para os Estados Unidos em 1977, quando se casou com o jogador de basquete afro-americando Spencer Haywood, com quem teve uma filha. Possui uma linha de cosméticos, que leva seu nome, especialmente para peles negras. É personagem do jogo Omikron, da Eidos. É embaixadora oficial do projeto "Mantenha uma Criança viva", que prevê remédios para crianças com Aids. É uma das estrelas do programa Bravo. Em 1992 participou do clip da música "Remember the Time", do cantor Michael Jackson. É viúva do roqueiro David Bowie, pai de sua segunda filha.





Joanne Matuschka – Fotógrafa nascida nos Estados Unidos (EUA), em 1954, aos 45 anos ganhou na Justiça o direito a uma indenização de 2,2 milhões de dólares por ter tido o seio extirpado em 1991 pelo médico Hiram Cody, do hospital Memomrial Sloan-Kettering Cance Center, em Nova Iorque (EUA). Vítima de câncer, ela moveu processo ao saber que o procedimento foi desnecessário. Em 1993 apareceu seminua num auto-retrato estampado na capa da revista semanal do jornal New York Times. O seio intacto apareceu coberto e a mutilação exposta. Virou símbolo das vítimas de mutilações. Recebeu o prêmio World Press por seu trabalho como fotógrafa.







Juliana Borges – Artista plástica, modelo e empresária, nascida em Santa Maria (RS), em 1979, filha de um comerciante e de uma professora, Juliana Dornelles Borges foi Miss Brasil 2001, mas causou polêmica por ter passado por 19 plásticas, entre elas correção das orelhas de abano, implantação de silicone nos seios, lipoaspirações e remoção de sinais na pele. No Miss Universo não conseguiu classificação por causa das cirurgias. O concurso, que estava em decadência, voltar a atrair o País, por causa da polêmica.




Helena Rubinstein – Empresária nascida em 25/12/1870 na Cracóvia, Polônia, é considerada a primeira cientista da beleza, se tornando um das mulheres mais ricas da época. Começou suas experiências, misturando pomadas e fórumlas médicas. Emigrou para a Austrália, aos 18 anos, onde abriu seu primeiro salão, o primeiro do mundo. Em seguida abriu outros salões, em Londres, Paris e Nova Iorque. Criou as bases para a indústria cosmética e fez sucesso ao criar o Crème Valaze à base de ervas para a pele. Em 1915 mudou-se depois para a Inglaterra, abriu salão em Londres e Paris. Seus produtos são conhecidos mundialmente. Introduziu a classificação entre peles seca, normal e oleosa, usado até hoje pela indústria de cosméticos. Também lançou hidratante, pó-de-arroz e base, e foi a primeira a produzir uma linha de cosméticos exclusiva para os homens. Em 1953 criou a Fundação Helena Rubinstein, em Nova Iorque, que patrocina projetos que visam os direitos e o bem-estar das mulheres e das crianças, e o desenvolvimento da educação, da ciência e da cultura. Foi casada com o jornalista Edward Titus, com quem teve dois filhos, Roy e Horace, e com o príncipe Artchil Gourielli-Tchkonia. Morreu em 01/04/1965 em Nova yorque. Fundfadora da Helena Rubinstein, Incorporated é autora dos livros "My Life for Beauty" e "Food for Beauty".







Laura Antonelli – Atriz nascida em Pola, Itália em 28/11/1941, Laura Antonaz teve o rosto queimado num tratamento de beleza ao se submeter a um tratamento de injeções anti-rugas à base de colágeno para ficar com uma aparência mais jovem, em 1991. Pediu indenização de 800 mil dólares por danos a saúde, mas os produtores também entraram na Justiça contra ela por ter abandonado os sets de filmagem. Atuou em vários filmes, entre eles ‘Esposamante’, 'O Inocente' e 'Malícia'. Começou a carreira como modelo, em anúncios de refrigerantes, quando ainda era uma professora de educação física em Nápoles, Itália. No cinema estreou em 1965 numa comédia erótica. Foi símbolo sexual nos anos 70, elevando seu salário de 4 milhões para 100 milhões de liras. Premiada com um David di Donatello, em 1973 e o Nastro d'Argento, em 1974, teve a carreira interrompida quando a polícia encontrou 36g de cocaíca em sua casa, após denúncia anônima. Acusada de traficante, chegou a ficar presa por três anos. Dez anos depois, foi absolvida pela justiça. Morreu em 22/06/2015, em Ladispoli, Itália, provavelmente de infarto (ela foi encontrada morta pela cuidadora). Desiludida, passou os últimos anos, reclusa. Seu corpo está enterrado no Cemitério Ladispoli, Itália.








Lily de Carvalho – Socialite nascida em Colônia, na Alemanha, em 10/11/1920, filha única de um major do Exército, Lily Monique Lemb foi Miss França em 1938, mas ficou famosa no Brasil por casar-se com o dono da TV Globo, Roberto Marinho, que morreu em 2003. Os dois conheceram-se na juventude, mas se reencontraram 50 anos depois numa festa. Na adolescência, aos 17 anos, ficou noiva do playboy Horácio Gomes Leite de Carvalho Filho, dono do jornal Diário Carioca. Os dois ficaram casados por 45 anos e tiveram um filho, Horacinho, que morreu num acidente de carro aos 26 anos de idade, ao lado da cantora Sylvia Telles, sua namorada. Sete meses depois, adotou um menino, João Batista, incentivada pela amiga Sarah Kubitscheck, mulher do vice-presidente Juscelino Kubitscheck. Era embaixadora da Boa Vontade, da Unesco e desenvolveu muitos projetos sociais. Apaixonada por Artes, sua mansão era cheia de quadros de pintores famosos e promoveu várias exposições dos artistas pelo Brasil. Por promover a cultura, recebeu condecorações do governo francês, a Legião da Honra e foi homenageada pelo Ministério da Cultura, no Brasil. Costumava receber autoridades e famosos em sua mansão no Cosme Velho, no Rio de Janeiro. Antes de morrer, decidiu leiloar jóias e obras de artes, para evitar disputas entre os herdeiros. Seu retrato foi leiloado por 685 mil dólares, pela Sotherby's. Morreu três anos depois, em 05/01/2011, aos 90 anos, na Clínica São Vicente, no Rio de Janeiro, de falência múltipla dos órgãos. Seu corpo está enterrado no Cemitério São João Batista (mesmo nome de seu filho adotivo). Dá nome ao Espaço de Desenvolvimento Infantil, inaugurado em 2011.








Linor Abargil - Miss Mundo 1998, nascida em Netanya, Israel, em 17/02/1979, foi a primeira israelense a ganhar esse título, derrubando 85 concorrentes. Aos 18 anos, trabalhava como modelo, na Itália, quando foi raptada e violentada, em Milão, após assistir a um desfile de moda. Foi mantida refém por duas horas num automóvel e espancada pelo israelita Shlomo Nour, dono de uma agência de viagens, sete semanas antes do concurso de beleza. Foi aconselhada a não denunciar o estupro, mas autorizou a divulgação do processo contra o homem, que acabou julgado. Em 2008, sua vida foi contada no documentário "Admirável Miss Mundo", que mostrou a situação das mulheres de seu país, que passam por violência sexual (o documentário virou seriado na Netflix). Venceu ainda o concurso de Miss Universo. Estudou no Netanya Academic College. Em 2006 casou-se com o jogador de basquete lituano, Sarunas Jasikevicius e divorciou-se dois anos depois. Em 2010 casou-se com Oren Halfon, com quem tem três filhos.






Luma de Oliveira – Ex-modelo e ex-empresária nascida em Nova Friburgo (RJ) em 04/12/1965, filha de um ferroviário, irmã da atriz Isis de Oliveira, gosta de fazer polêmica com suas roupas e frases bombásticas. Diz que “adora ser Amélia” e já saiu na Playboy vestida com avental de empregada. Em 1987 apareceu na avenida com os seios à mostra. Durante um desfile de Carnaval da Viradouro, em 1998, apareceu vestida de pantera com uma coleira no pescoço que tinha o nome do marido, ato condenado pelas feministas do país. No Carnaval de 2004 alegou que não desfilaria porque estava grávida, mas depois desmentiu a notícia, o que causou escândalo, pois acreditava-se que ela estaria tendo um romance com um bombeiro. No ano seguinte, desfilou com algemas no pescoço. Em 2012 foi enredo da Escola de Samba Estácio de sá. Atuou como atriz nas novelas ‘O Outro’ e ‘Meu Bem Meu Mal’, e do filme ‘Boca de Ouro’. Criada em Niterói, RJ, começou a carreira de modelo com 16 anos. Foi casada com o empresário Eike Batista, com quem tem dois filhos. Foi considerada, em 2001, a mulher mais sexy do Brasil, pela revista Época. Em 1994 criou a empresa Clarity, no ramo dos cosméticos, mas após prejuízos, foi condenada a pagar indenização a franqueados. Foi capa de várias revistas e em 1987 foi homenageada pelo cantor Wando, com a música "Eu já Tirei a sua Roupa". Nos anos 80 namorou o piloto de avião, João Carlos, por cinco anos e teve um romance de sete meses com o ex-jogador Renato Gaúcho. Namorou também com o delegado Fernando Moraes, com o estudante João Fabrício, o tenente da marinha, Renato Melgaço e com o engenheiro João Henrique Lemos.




Margaux Hemingway - Modelo nascida em 16/02/1954 em Portland, Oregon (EUA), neta do escritor Ernest Hemingway e irmã da atriz Margret Hemingway, foi a modelo mais bem paga do mundo nos anos 70. Atuou em vários filmes em Hollywood e foi capa de várias revistas, entre elas, a Time. Foi chamada de "Super Modelo" pela revista Vogue, expressão usada pela primeira vez, com relação a uma modelo americana. Foi também a primeira modelo a ter um contrato de publicidade com uma empresa de cosmético (a empresa Fabergé pagou um cachê de um milhão de dólares). Começou a carreira aos 16 anos, ao ser descoberta por amigos dos familiares, que frequentavam as festas de sua família. Mudou-se para Nova Iorque com 19 anos, ao lado do primeiro marido, Erroll Wetanson.  Seu nome, Margot, foi trocado pelo do vinho Margaux, ao saber que seus pais tomaram a bebida na noite em que ela foi concebida. Nos anos 80 passou a não ser chamada para publicidade e foi obrigada a participar de filmes classe B. Em 1990 posou nua para a Playboy, com textos feitos por ela, em que falava sobre sua trajetória na moda e no cinema. Casou-se pela segunda vez e não teve filhos.  Deprimida, viciada em álcool e drogas, suicidou-se com remédios em 01/07/1996, em Santa Mônica, Califórnia (EUA). Seu corpo foi encontrado, já em processo de decomposição, um dia antes dos 35 anos da morte do avô famoso. Suas cinzas foram espalhadas na fazenda da família, em Ketchum, Idaho, onde ela passou a infância. O avô também havia se suicidado, em 1961.




Mara Gabrilli – Psicóloga, política e publicitária nascida em São Paulo (SP), em 28/09/1967, Mara Cristina Gabrilli ficou tetraplégica após um acidente de carro em 1995. Em 2001, posou de lingerie numa cadeira de rodas para um calendário, sendo a primeira deficiente física a mostrar o corpo. Atualmente, faz campanhas e se empenha em ajudar cientistas a descobrir a recuperação da medula fraturada, além de continuar trabalhando em seu consultório, e ser colunista da revista TPM. Criou uma ONG, que leva seu nome, que hoje reúne 52 atletas com limitações. Foi a vereadora mais votada do PSDB paulista em 2006 e assumiu a secretaria criada pelo prefeito José Serra para administrar projetos que melhorem a vida de deficientes. Também comanda um programa de rádio, "Derrubando Barreiras" e o "Momento Certeiro", além de ser colaboradora da revista TPM, cujas crônicas foram reunidas no livro Íntima Desordem". Tem colunas ainda nos jornais Diário de São Paulo, Jornal AME, Inclusão Brasil, revista Sentidos e nos portais Nextel, Vida Mais Livre, Congresso em Foco, Blog do Guilherme Bara e no site iSocial. Ex-vereadora, foi reeleita em 2008 como a mulher mais votada do Brasil e foi a primeira titular da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, em São Paulo. Atualmente é deputada federal.




Marjorie Andrade – Modelo e atriz nascida em São Paulo (SP), Marjorie Cezar de Andrade começou a carreira na adolescência, ao participar de um comercial, e fez sucesso nos Estados Unidos, onde mora, estampando várias revistas americanas. Atualmente apresenta um programa de variedade em Nova Iorque. No Brasil participou da novela 'Xica da Silva', de 1996 e de 'Anos Rebeldes'. Foi uma das primeiras modelos brasileiras a fazer sucesso internacional. Atuou dos filmes como H.O.T.S., Velocity Rules, Monaco Travelogue, Open Fire e Dracula's Sister. Desde 1998 representa a Associação das Nações Unidas-Brasil junto ao Secretariado da ONU e à Federação das Associações das Nações Unidas (WFUNA). Foi casada duas vezes e tem dois filhos. Namorou o piloto Ayrton Senna.



Marla Hanson – modelo nascida em 18/06/1961 em Independente, Estado de Missouri (EUA) teve o rosto retalhado pelo maquiador Steven Roth, dono do apartamento onde morava. O motivo do crime seria o seguro do aluguel que o criminoso queria de volta. Assim que ela saiu da cirurgia, deu uma entrevista coletiva e permitiu que fotografassem seu rosto. Disse que estava feliz por estar viva e que em breve voltaria a trabalhar. Durante a recuperação das cirurgias, fez campanhas de lingeries aparecendo de costas. O criminoso foi preso. Casada, não tem filhos. Participou do filme "Blackout" e escreveu o livro "Meru and The Magic Thread.




Martha Rocha – Pintora, cantora e Miss Brasil 1954, nascida em 19/09/1936 em Salvador (BA), filha do engenheiro Álvaro Rocha, Maria Martha Hacker Rocha Piano, perdeu o Miss Universo por causa de duas polegadas a mais nos quadris. Casou-se duas vezes: com o empresário Ronaldo Xavier e com o banqueiro português Álvaro Piano, que morreu num acidente de avião, quando ela tinha 23 anos. Tem 3 filhos. Em 1998 perdeu todas as economias ao emprestar dinheiro para um cunhado. Sua vida é contada no livro “Martha Rocha - uma Biografia”. Nele, conta que quando foi miss não era virgem, que fez 15 abortos e que apanhava do segundo marido. A partir de 1996, passou a aparecer em júris de concursos de beleza, tornando-se a primeira miss a cobrar cachê para aparecer em programas de TV.  Só anos depois descobriram que a história das duas polegadas foi uma invenção do jornalista João Martins, da revista "O Cruzeiro", numa combinação com alguns colegas. Dois anos depois, em 1956, a Chevrolet lançou, no Brasil, a picape 3100 com duas polegadas (5cm) a mais na distância entre os eixos, que acabou sendo apelidada de Martha Rocha. Foi casada com o banqueiro Álvaro Piano, que morreu num acidente de avião, e com ele teve dois filhos. Aos 23 anos casou-se pela segunda vez, com Ronaldo Xavier, com quem teve a filha Cláudia. Em 2000 anunciou que estava com câncer de mama. Mora em Volta Redonda (RJ).





Nadine Georgine Payot - Cosmetóloga e médica nascida em Odessa, Ucrânia, em 1887, Nadia Gregoria Payot ficou conhecida como Dra. N.G Payot. Em 1914, ao casar-se com um engenheiro francês, foi morar com ele na Argentina e depois em Nova Iorque, onde conheceu a dançarina russa Ana Pavlowa. Ao fazer uma avaliação estética na dançarina, observou que o rosto dela estava flácido e passou a se interessar por esta área. Desenvolveu uma técnica de massagem com as pontas dos dedos e um creme nutritivo. Em 1927 voltou para a França e fundou um laboratório especializado em produtos cosméticos, e fundou uma escola de beleza, formando esteticistas. Dez anos depois abriu seu primeiro instituto de beleza na Rue de Castiglione. Payot e seu filho, fundaram um Instituto Pedagógico para crianças com dificuldades de aprendizagem. Morreu na Suíça em 1966, aos 89 anos de idade. Publicou alguns livros, como "Cuidados Físicos para a Face e o Pescoço".




Naomi Campbell – Modelo e atriz nascida em 22/05/1970 em Londres, Inglaterra, Naomi Elena Campbel, é a modelo negra mais bem paga do mundo, sendo a primeira a estampar as páginas da revista Vogue, a partir dos anos 80. Ficou conhecida como o “Cisne Negro”. Mestiça de japonês com africano, ganhou fama também por causa das brigas com os namorados. Começou a carreira aos 15 anos, ao ser descoberta num parque por um agente da Elite Model dos Estados Unidos. Foi a primeira negra a estampar a capa da revista Vogue e a Time. Em 1995 participou dos catálogos da Pirelli, ano em que lançou o livro "Swan". Em 1997 foi dispensada da função de porta-voz de uma associação de proteção aos animais, ao aparecer vestida com uma pele, em Milão. Em 2002 tornou-se sócia das modelos Elle Macpherson e Claudia Schiffer, na rede de restaurantes "Fashion Café". Vive na Rússia atualmente. Pelo temperamento explosivo, chegou a ser demitida da agência Elite, e expulsa da loja Voyage, em Londres, depois de gritar com os empregados, que demoraram a abrir a porta para ela. Em 2005 a atriz Yvonee Scio, sua amiga, deu queixa na polícia alegando que fôra agredida pela modelo por usar um vestido igual ao dela. Um ano depois, foi detida em Londres por agredir a psicóloga que a atendia, numa clínica para viciados. Chegou também a agredir sua empregada, a fazer escândalo em aeroportos, entre outros, o que a fez perder vários trabalhos de publicidade. Namorou o pugilista Mike Tyson, o ator brasileiro Sérgio Marone, o empresário Flavio Briatore, o ator americano Robert De Niro e o empresário brasileiro Marcus Elias, da Parmalat e o russo Vladislav Doromin.





Rose di Primo - Modelo nascida no Tatuapé (SP), em 06/03/1955, nos anos 70, Rosiamary Souza Primo começou a carreira nos anos 60 e tornou-se símbolo sexual, atuando como atriz em filmes nos anos 70, além de posar nua para revistas da época. ficou conhecida pelo belo corpo. Chegou a participar de filmes, como 'Os Machões', 'Um Virgem na Praça' e 'Banana Mecânica'. Nos anos 80, tentou o suicídio. Sua vida é contada no livro 'Rose Di Primo: do Brilho à Luz'. É tida como a inventora da tanga. Namorou com o modelo Pedrinho Aguinaga. Atualmente mora na Europa.









Sarah Breedlove Walker - Empresária nascida em 23/12/1867 na Louisiana (EUA), fez o aperfeiçoamento de cosméticos para cabelos e inventou uma linha de produtos de beleza exclusiva para negros, que alisava e deixava os cabelos brilhantes. Órfã ainda na infância, morou com a irmã mais velha e casou-se com 14 anos, para fugir dos maus-tratos do cunhado, mas aos 20 ficou viúva. Para sobreviver, mudou-se para Boston e trabalhou num salão de beleza, lavando cabelos masculinos. Por causa do estresse, perdeu os próprios cabelos e começou a misturar produtos para tentar reverter a situação, até que em 1905 desenvolveu uma fórmula por criar um penteado liso e brilhante para mulheres afro-americanas. Seu segundo casamento foi com o publicitário Charles Walker, que dá nome ao alisamento de cabelos (Walker Method ou Walker System) e ajudou-a a alavancar os negócios. Juntos, organizaram um grupo de mulheres para venderem o produto de porta-em-porta, inovando o tipo de venda. As vendedoras, que chegaram a 300, usavam saias pretas longas e blusas brancas. Milionária, ajudou várias instituições de caridade, doando dinheiro e bolsas de estudos. Fez sucesso também no Caribe e na Europa. Morreu em Irvington, Nova Iorque (EUA) em 25/05/1919, aos 51 anos, deixando como única herdeira a filha, Lelia Walker Kennedy, que nasceu quando ela tinha17 anos. Ficou conhecida como Madame C.J. Walker.


Shannon Marketic – Miss Arizona 1980 e Miss Estados Unidos 1992, nascida em 14/01/1971, no Phoenix, Arizona (EUA), Shannon LaRhea Marketic processou Jefri, caçula do sultão de Brunei por tê-la escravizado sexualmente por um mês. Diz que foi atraída ao país com proposta milionária de trabalho como modelo. Descobriu que se tratava de prostituição, ao ser convidada pelo guarda-costas do herdeiro a participar de orgias no palácio. Atualmente trabalha como atriz, atuando em filmes como "Black Belt Angels".






Tharita de Oliveira – modelo nascida em Manaus (AM), foi manequim de Yves Saint-Lauren, participou de filmes para a televisão francesa e fez parte do time de modelos Pierre Cardin num desfile no Japão. Em 1984 enveredou-se pela música, quando conheceu o cantor inglês Bryan Ferri, líder do conjunto Roxy Music e participou da gravação do disco do grupo, Avallon.




Twiggy – Modelo, atriz e cantora nascida em Londres, Inglaterra em 19/09/1949, filha de um carpinteiro e de uma balconista de loja, Lesley Lawson Hombum foi a primeira top model do mundo, aos 15 anos de idade. Ficou conhecida pela magreza, revolucionando a carreira de modelo, em 1966. Foi descoberta pelo cabeleireiro Jusin de Villeneuve, então com 27 anos, com quem se casou e teve um filho. No começo, foi rejeitada pelos editores de revistas, mas depois virou sucesso, emprestando nome e rosto para brinquedos e objetos. Em 1969, passou a atuar como atriz e cantora, chegando a gravar vários discos e a receber o "Globo de Ouro", prêmio por sua atuação no filme "The Boy Friend".  Na TV comandou o programa de entrevistas "Twiggy's People". Foi casada também com o ator Marco Whitney, com quem teve a filha, Carly (ele morreu em 1983), e com o ator, Leigh Lawson. Sua vida é contada em 3 autobiografias. Atualmente, assina uma linha de aromaterapia, e se dedica a causas sociais (é militante do PETA, People for Ethical Treatment of Animals). Lesley era chamada de "graveto" (twig, em inglês). É considerada uma das supermodelos do mundo. Sua marca é ainda os olhos grandes, carregados com rímel preto e cílios postiços. Escreveu vários livros, que foram best sellers. Atualmente é dona de uma etiqueta de roupas junto com a marca Marks&Spencer,  maior rede de varejo do Reino Unido. Estampou várias revistas de moda, como Vogue e Tatler, e em 1966 foi eleita a "Mulher Britânica do Ano", em votação popular, e nomeada "A Face de 1966", pelo jornal Daily Express. Um ano depois, foi recebida em Nova Iorque com pompa pelos fãs, ao chegar no aeroporto John Kennedy, além de merecer reportagens a seu respeito. Encerrou a carreira de modelo aos 21 anos, em 1970, no auge da fama, alegando que "ninguém pode ser um cabide de roupas para sempre". Mas, em 1973, estampou a capa do disco de David Bowie, e nos anos 90, voltou às passarelas para um desfile, em que apareceu com um corpo "normal", ao contrário da magreza dos tempos de adolescente.





Vanessa Williams - Atriz, compositora e cantora nascida em 18/03/1963 em TarrytownNova Iorque (EUA) descendente de africanos, Vanessa Lynn Williamsfoi a primeira Miss América negra,  em 1984, e a primeira obrigada a renunciar ao título. Tudo porque a revista Penthouse publicou fotos dela em que aparece nua com outra jovem. Atuou no filme 'Queima de Arquivo - Eraser'. chegou a receber indicações para o Emmy, o Grammy e o Tony. Ganhou a campanha dos direitos humanos "Aliada da igualdade", em 2008, pela defesa dos direitos gays. Em 1983, trancou a faculdade de Artes Cênicas, para se dedicar à carreira de modelo, e voltou a estudar, no mesmo local, 25 anos depois. Fez parte das duas últimas temporadas de "Desesperate Housewives". Casada, tem três filhos. Aos 10 anos foi abusada sexualmente pela filha de uma amiga da sua família que tinha 18 anos. 



Vera Fischer - Atriz nascida em  Blumenau, SC, em 27/11/1951, Vera Lúcia Fischer, de origem alemã, foi Miss Brasil 1969, e mudou-se para o Rio de Janeiro, onde participou como jurada do programa Flávio Cavalcanti, até ser convidada para fazer cinema e novelas, entre elas, "Mandala", "Coração Alado", "Brilhante", além de seriados para a TV, como "Desejo", em que usou lentes de contato escuras e os cabelos pretos. Foi casada duas vezes: com o ator Perry Salles, pai de sua filha Rafaela, e com o ator Felipe Camargo, com quem teve o filho Gabriel. Nos anos 90 se internou em clínicas para desintoxicação de drogas. Em 2017, aos 65 anos, foi duramente criticada por aparecer em trajes normais, sem maquiagem, fazendo compras. No mesmo ano, se internou com problemas respiratórios, e antes trocou a prótese mamária e fez lipoaspiração. Posou algumas vezes para revistas masculinas. Em sua autobiografia, Vera conta que tinha conflitos com o pai e do relacionamento conturbado com Felipe Camargo. Em 2000 ganhou o prêmio de melhor atriz no program Domingão do Faustão, da TV Globo, e foi indicada ao troféu Imprensa quatro vezes.





Waris Dirie – Modelo nascida na Somália, África, em 1965, foi descoberta em Londres por um fotógrafo. Com cinco anos, sofreu mutilação genital e aos 13 anos fugiu para a Europa para não se casar com um homem de 60 anos, já prometida à ele. Para fugir, ela atravessou desertos somalis, passou fome e teve ferimentos, que deixaram cicatrizes em seus pés, até chegar à casa da avó, em Mogadíscio, e dali, para Londres. Mora em Nova Iorque (EUA), onde faz campanhas contra essa prática, como embaixadora da ONU. Casada, tem um filho. Não conseguiu a reconstituição do clitóris mas, diz que apesar de não ter prazer sexual, é muito feliz. Tem medo de voltar à África e ser assassinada. Antes de ser famosa, trabalhou como faxineira por quatro anos na casa do embaixador da Somália. Depois, conseguiu emprego de faxineira também numa lanchonete, quando foi descoberta pelo fotógrafo Terence Donavan. É autora de vários livros, e um deles, "Flor do Deserto", virou filme em Hollywood. Tem uma fundação com o seu nome.





Yolanda Pereira – Primeira Miss Universo brasileira e Miss Brasil, em 1930, nascida em Pelotas (RS) em 16/10/1910, Yolanda Pereira Souto de Oliveira, foi a primeira também a receber estes títulos simultaneamente, embora eles não sejam reconhecidos pela Organização do evento, que aconteceu no Copacabana Palace, no Rio de Janeiro. As 25 candidatas se hospedaram no hotel Glória, RJ, e desfilaram em carro aberto pela cidade, da sede do Jornal O Dia, na Praça Mauá, até o local do concurso. Uma crônica comentou na época: ‘Não foi apenas vossa beleza que venceu, Yolanda Pereira. O que venceu convosco foi a graça radiosa da mulher brasileira’. Também foi Miss Rio Grande do Sul e Miss Pelotas, que ela venceu através de sufrágio popular (mais de 4 mil votos a favor dela). Na época, a faixa vinha escrito o nome da concorrente e o pronome de tratamento: senhorita. Morreu em 04/09/2001 de infecção respiratória, aos 90 anos de idade.  Era casada com o Marechal Homero Souto de Oliveira, com quem teve quatro filhos. Foi ainda pianista e poetisa. Em Pelotas, RS, foi criado em sua homenagem o Roseiral Yolanda Pereira, na Praça coronel Pedro Osório.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários para carlahumberto@yahoo.com.br