NA DRAMATURGIA



Alla Nazimova – Atriz nascida em 22/05/1879 na Ucrânia, Rússia, Adelaide Leventon atuou em filmes como ‘Desde que você Partiu’, ‘Sangue e Areia’ e Salomé’. Voltando a Moscou, estudou com Stanislavsk e em 1905 começou uma turnê mundial com uma companhia de teatro. Em 1916, começou a trabalhar no cinema, atuando, escrevendo e produzindo seus próprios filmes. Foi uma das mais bem pagas atrizes da época, com um salário de 13 mil dólares por semana. Tinha uma mansão em Hollywood com um enorme jardim, que batizou de 'O Jardim de Allah' e uma piscina com o formato do Mar Negro, para relembrar seu país. Homossexual, andava sempre com um bando de garotas que ela costumava chamar de "Sewing Circle" ("O Grupo do Tricô"). Era proprietária do o Mary's, um bar só para mulheres. Casada por conveniência, com o ator Charles Bryant, era namorada da roteirista Natasha Rombova. Também teve um romance com Dolly Wilde, sobrinha de Oscar Wilde. Morreu em 13/07/1945 em Los Angeles.





Alda Garrido – Atriz nascida em 18/08/1896 no Rio de Janeiro (RJ) Alda Palm Garrido começou a carreira aos 16 anos no teatro. Fundou a ‘Companhia Garrido’ e percorreu o Brasil com a peça ‘Quem Paga é O Coronel’. Dedicou-se à comédia popular. Atuou nos filmes ' D. Xepa' e 'O Circo Chegou'. Foi casada com o ator Américo Garrido. Morreu em 08/12/1970, em São Paulo, aos 74 anos, meses antes de estrear a peça 'Entre Louras e Morenas'. Símbolo da brasilidade, ficou conhecida como ‘A Inimitável’ e 'A Rainha das Atrizes'.










Ana Rosa - Atriz nascida em Promissão (SP) em 18/06/1942, Ana Rosa Guy Galego começou a carreira como malabarista de circo. Estreou na TV Tupi nos anos 60 participando de várias novelas, entre elas 'A Viagem, 'Mulheres de Areia' e 'Duas Vidas''. Seu nome está no livro dos Records como a atriz brasileira que mais participou de novelas. Foi casada com o humorista Dedé Santana, com quem teve dois filhos (o menino morreu de leucemia), e e com o ator Guilherme Correa com quem teve 4 filhas (perdeu uma filha atropelada), e adotou mais três. É autora do livro "Essa Louca Televisão e sua Gente Maravilhosa".






Angelina JolieAtriz, nascida em 04/06/1975 em Los Angeles, Califórnia, EUA, filha de um casal de atores, Angelina Jolie Pitt Voight é também dubladora, diretora, produtora, roteirista e ativista humanitária, tendo sido agraciada com várias honrarias pelos serviços prestados. Vencedora de um Oscar, dois Prémios Screen Actors Guild, e três Prêmios Globo de Ouro, atuou em filmes como “Sr e Sra. Smith”, “Lara Croft”, “O Turista”, “Gia”, entre outros. Em 2001 Foi casada com Brad Pitt, com quem teve seis filhos, sendo três adotivos. Os dois se separaram em 2016, com acusações de que ele agredia as crianças. A fortuna do casal chega a 500 milhões de dólares. Jolie foi casada também com Billy Bob Thornton e Jonny Lee Miller e namorou o ator Timoty Hutton. Em 2014 ela retirou os seios para se livrar de um possível câncer de mama e retirou também o útero pelo mesmo motivo, já que sua mãe havia morrido vítima da doença. Em 2005 ela admite ser bissexual. É afilhada da atriz Jacqueline Bisset. Na adolescência sonhava em ser agente funerária e passou a usar roupas pretas. Nesta fase, a atriz passou a colecionar facas e se cortava com elas (tem cicatrizes pelo corpo todo). Também trabalhou como modelo e sua estreia no cinema aconteceu em 1993 com o filme “Cyborg 2”. Angelina e o pai não se dão bem e ele a acusou de ter problemas mentais. Já ela retirou o sobrenome do pai e passou a assinar Jolie. 




Anna Magnani - Atriz nascida em 07/03/1908 em Roma, Itália, foi uma das maiores representantes do neo-realismo. Começou a carreira no cinema mudo e ficou conhecida como 'La Magnani'. Atuou em filmes como "Teresa Venerdi" e "Cidade Aberta". Teve um romance tumultuado com o diretor Roberto Rosselinii.Ganhou o prêmio de melhor atriz no Festival de Veneza. Em 1955 se tornou a primeira estrangeira a ganhar o Oscar de melhor atriz, pelo filme "Rosa Tatuada" (não compareceu à cerimônia, por achar que não tinha chances de ganhar o prêmio. Ela recebeu a notícia de um repórter, que a acordou, em casa). Morreu em 25/09/1973, de câncer no pâncreas.









Annette Stroyberg - Atriz nascida na Dinamarca em 07/12/1936, começou a carreira como garota-propaganda de cerveja. No cinema estreou no filme ‘As Ligações Amorosas’ em 1959, quando apareceu nua, num filme de Roger Vadim, com quem se casou mais tarde. O filme foi proibido inicialmente e depois autorizado pelo general De Gaulle. Atuou em ‘Rosas de Sangue’. Depois de viver no Marrocos e nos Estados Unidos, voltou para a Dinamarca. Foi chamada de "a beleza na Terra" e "a mulher mais encantadora de sua época". Casada três vezes, teve três filhos. Teve um romance com o ator Vittorio Gassman. Morreu de câncer na Dinamarca aos 67 anos em 14/12/2005.






Ann-Margret - Atriz e cantora nascida em 28/04/1941 na Suécia, Ann-Margret Olsson foi símbolo sexual nos anos 60. Atuou em filmes como ‘Crime na Cidade Perfeita’, ‘Dois Velhos Rabugentos’, ‘Um Passe de Mágica’, ‘Tommy’ e ‘Dama por Um Dia’. Em 1962 causou sensação ao cantar no Oscar. Também cantou para o presidente J. Kennedy no último aniversário dele. Terminou a carreira como dançarina em Las Vegas (em 1972 levou um tombo nos palcos e lutou contra o alcoolismo). Chegou a ter um romance com o ator-cantor Elvis Presley. Recebeu duas nomeações ao Oscar, vencendo 5 vezes o Globo de Ouro de melhor atriz.




Anne Bancroft - Atriz nascida em 17/09/1931 em Nova Iorque (EUA), Anna Maria Louisa Italiano estreou no cinema em 1952 com o filme 'Dont Bother to Knock'. Depois atuou em 'Sete Mulheres', 'The Gratuate', 'Agnes de Deus' e 'G.I. Jane' e em peças na Broadway. Recebeu o Oscar de melhor atriz em 1963 pelo filme 'O Milagre de Anne Sullivan', mas seu grande sucesso foi no filme 'A Primeira Noite de Um Homem' em 1970. Foi casada com o diretor Mel Brooks. Morreu de câncer no útero em 06/06/2005 aos 73 anos.







Annie Girardot - Atriz francesa, fez sucesso interpretando mulheres comuns no cinema nos anos 60 e 70 e por isso se tornou um símbolo do feminismo na França. Sua atuação mais marcante foi no filme Rocco e Seus Irmãos, do italiano Luchino Visconti, em que interpretou a prostituta Nádia. Morreu aos 79 anos, em fevereiro de 2001.

Audrey Hepburn – Atriz nascida na Bélgica em 04/05/1929, filha de uma baronesa e um banqueiro, Edda Van Heermstra Hepburn-Ruston estreou no cinema em 1953 com o filme “A Princesa e o Plebeu”. Depois fez mais 26 filmes, entre eles “Minha Linda Dama”, “Bonequinha de Luxo”, “Charada” e ”Sabrina”. A partir de 1954 passou a ser a musa do estilista francês Hubert de Givenchy. Com os cabelos curtos, magra e alta lançou um novo tipo de beleza longe do tipo gostosona de Marilyn Monroe e Sophia Loren. Foi casada três vezes: com o ator Mel Ferrer, com quem teve o filho Sean, com o psiquiatra italiano Andrea Dotti, com quem teve o filho Luca e com um empresário. Durante o segundo casamento, resolveu parar de trabalhar para cuidar da casa e só voltou em 1976. Foi embaixadora do Unicef. Morreu de câncer no estômago em 1992.




Aurora Duarte - Atriz, diretora e produtora brasileira nascida em 17/04/1933 em Olinda (PE), Diva Mattos Perez começou a carreira no rádio em 1952. Em 1951, quando já integrava a Associação de Cinegrafistas Amadores do Brasil, realizou o documentário 'A Sereia e o Mar', do qual foi diretora e atriz principal. Atuou em filmes como 'Noites Paraguaias', 'Um negra Chamada Tereza' e 'Armas de Vingança'.








Aurora Fúlgida - Atriz nascida em 27/08/1880 Bucareste, Romênia, Aurelia Ciocanescu foi a primeira a causar impacto no cinema nacional, nas décadas de 1910 e 1920. Fugiu de casa para ser artista. Foi dançarina de cabarés em Milão, e chegou ao Brasil em 1916, onde participou de filmes, como 'Lucíola', 'A Gigolete', 'Dever de Amar' e 'Lua de mel'. Morreu no Rio de Janeiro.









Aurora Miranda - Atriz nascida em 20/4/1915 no Rio de Janeiro, Aurora Miranda da Cunha estreou no cinema em 1935 ao lado da irmã Carmem Miranda. Atuou em filmes como 'Alô Alô Carnaval', 'Bananas is my busines' e 'Os Estudantes'. Abandonou a carreira em 1958 pelo filho e pelo marido, mas fez uma participação no filme 'Dias Melhores Virão', em 1989. Morreu em 24/12/2005, aos 90 anos.









Ava Gardner – Atriz nascida em 24/12/1922 na Carolina do Norte (EUA), filha de uma dona-de-casa, começou a carreira por acaso, quando um cunhado mandou sua foto para a Metro. De temperamento forte, gostava de viver intensamente, o que incluía drogas, amantes, bebedeiras e escândalos. Morena de formas esculturais, era o oposto das tradicionais louras de Hollywood. Casou-se 3 vezes: com o ator Michey Rooney (separou um ano depois), com o clarinetista Artie Shaw (separou 8 meses depois) e com o ator Frank Sinatra (o relacionamento foi conturbado, e ao saber que estava grávida, ela abortou). Quando esteve no Rio de Janeiro em 1954 quebrou o quarto do Hotel Glória, depois de levar um fora do cantor cearense Carlos Augusto, que se apresentava no local como estreante. Nos anos 60 foi morar em Londres e no final de carreira vivia bêbada. Sua vida é contada no livro 'Eu, Ava'. Atuou em filmes como 'Lone Star', 'Blue Bird', 'O Corcel Negro' e 'As pontes do Rio Toko-Ri'. Foi a musa do poeta Jean Cocteau que a definiu como ‘o mais belo animal do mundo’. Morreu em 25/01/1990, com 68 anos. Na cidade onde nasceu, Smithfield, há um memorial em sua homenagem.



Baby Garroux – Atriz, jornalista, apresentadora, escritora, artista plástica e terapeuta nascida em São Paulo, atuou em várias novelas da Bandeirantes, como ‘Cara a Cara’, ‘A Filha do Silêncio’ e ‘Pé de Vento’. Recebeu vários prêmios por sua atuação. Colaborou com vários jornais e revistas e trabalhou nas rádios Tupi, São Paulo e Antena Um. Em 1982 foi agredida num sinal de trânsito por alguns homens desconhecidos, mas ela não sabe o motivo. Nos anos 90, afastada da TV, passou a escrever livros de esoterismo.







Barbara Eden - Atriz nascida em 23/08/1934 no Texas (EUA), Barbara Jean Moorehead começou a carreira após ter sido miss San Francisco 1951. Estreou no cinema em 1957 com o filme 'Em Busca de Um Homem', mas seu papel mais famoso foi no seriado 'Jeannie é um Gênio', em 1965. Ao estrear, estava grávida do filho Mattew, que morreu assassinado em 2001. Teve uma segunda gravidez, mas o bebê morreu ainda dentro de sua barriga. Apesar disso ela teve que levar a gestação adiante para não morrer (na época os recursos eram precários). Foi casada com um ator, pai de seu filho, e com um jornalista. Atualmente é casada com um empresário. O sobrenome Eden é do padrasto. Antes de ser famosa foi modelo, bancária e cantora de boates.



Barbara Stanwyck - Atriz nascida em em Nova Iorque em 18/07/1927, Ruby Catherine Stevens atuou em vários filmes, entre eles 'A Golden Boy', 'Stella Dallas' e 'Annie Oakley'. Recebeu 4 indicações ao Oscar de Melhor Atriz, por "Stella Davis, a Mãe Redentora", "Bola de Fogo", "Pacto de Sangue" e "Uma Vida por um Fio". Ficou conhecida como 'Mulher Fatal' e 'Mulher Má'. Seu nome artístico foi inspirado no pôster de uma peça teatral, em que aparecia escrito "Jane Stanwyck in 'Barbara Freitchie'". Morreu em 18/07/1990.









Barbara Valentin - Atriz nascida em Viena, Áustria, em 15/12/1940, filha do decorador de cinema, Hans Ledersteger e da comediante Irmgard Alberti, ficou conhecida como "Bomba Sexual" e 'Veneno Louro'. Começou a carreira aos 8 anos num filme educativo sobre trânsito. Atuou em 40 filmes para o cinema e 350 filmes para a TV, entre eles 'Nora Helmer', "O Medo devora a Alma" e "Meio erótico, Meio terror". Nos anos 70 foi musa do cineasta alemão Rainer W. Fassbinder. Casou-se 3 vezes. Nos anos 80 viveu com o cantor do grupo Queen, Freddie Mercury, até ele morrer de aids em 1991. Morreu aos 61 anos após uma longa doença em 22/02/2002.






Barbra Streissand - Atriz, produtora, diretora e cantora nascida em 24/04/1942 em Nova Iorque (EUA), Barbara Joan Streisand estreou no cinema em 1968. Em 1963 ganhou 2 Grammy. Atuou em filmes como 'O Espelho tem duas Faces', 'Nossa, que Loucura' e 'Essa Pequena é Uma Parada'. Foi indicada ao Oscar como diretora e atriz pelo filme 'O príncipe das Marés'. Começou a carreira, cantando em clubes e em programas de televisão. Foi casada com Elliot Gould, com quem teve o filho, Jason, e hoje vive com o ator e diretor James Brolin. Teve um romance com um dos integrantes do grupo musical Bee Gees. Recebeu vários prêmios oferecidos nos Estados Unidos, como Oscar, Grammy, Emmy e Golden Globe.




Beatriz Segall – Atriz nascida no Rio de Janeiro (RJ) em 25/07/1926, filha de donos de um colégio particular, Beatriz de Toledo Segall estreou no teatro nos anos 50 e foi para a TV nos anos 70. Atuou em novelas como ‘Dancing Days’, ‘Água Viva’, ‘Barriga de Aluguel’ e ‘O Clone’. Estudou teatro na Sorbonne (França) e formou-se em línguas neolatinas. Antes de ser famosa, foi professora de inglês. Em 1954 interrompeu a carreira de atriz para casar-se com Maurício, filho do pintor Lasar Segall, com quem teve 4 filhos. Separaram-se nos anos 90.





Bebe Daniels - Atriz e cantora nascida em 14/02/1901 em Dallas (EUA), filha de um gerente de teatro e uma atriz, começou a carreira aos 4 anos, sendo uma das principais atrizes de filmes mudos, chegando a fazer 200 comédias. Especializou-se em personagens leves e travessos. Seu primeiro filme falado foi ‘Rio Rita’, em 1929. Depois fez ‘Rua 42’ e ‘Alias French Gertie’, ‘Hi Gang’ e ‘Life’. Casada com o ator Ben Lyon, teve um casal de filhos. Antes, teve um romance com o comediante Harold Lloyd. Em 1936, mudou-se para a Inglaterra, onde teve uma carreira bem-sucedida no rádio e no teatro. Morreu em 16/03/1971, aos 70 anos.






Beth Mendes - Atriz nascida em 11/05/1949 em São Paulo (SP),Elizabeth Mendes de Oliveira começou a carreira nos anos 60 na TV Tupi. Participou de novelas como 'Pé de Vento' e 'O Hospital' e filmes, como 'Eles Não usam Blak Tie', 'A Insônia' e 'Sandra, Sandra'. Nos anos 70 sofreu com a ditadura quando foi perseguida. Nos anos 80 foi deputada e secretária da cultura. Certa vez, ao acompanhar a comitiva do então Presidente Sarney em visita a Montevidéu (Uruguai), encontrou seu torturador como Adido Militar na Embaixada do Brasil e o denunciou. Foi casada com o ator e diretor Dênis Carvalho. Tem um filho, Jofre.






Bette Davis – Atriz nascida em 05/04/1908 na Nova Inglaterra (EUA), Ruth Elizabeth Davis começou a carreira na Broadway em 1928 e dois anos depois entrou para o cinema com o filme ‘Bad Sister’. Teve uma associação com a produtora Warner até 1949, quando saiu do negócio por exigir salário maior e melhor qualidade nos roteiros, o que acabou gerando um processo na Justiça. Atuou em filmes como ‘Perigosa’, ‘Jezebel’, ‘Escravos do Desejo’ e ‘Mulher Marcada’. Na década de 60 fez filmes de baixo orçamento, como ‘O que Aconteceu a Baby Jane’. Foi indicada 10 vezes ao Oscar de melhor atriz e em 1977 recebeu um prêmio da American Film Institute. Foi presidente da Academia em 1941. Morreu em 06/10/1989 aos 81 anos, após uma série de derrames cerebrais.







Betty Grable – Atriz nascida em 18/12/1916, no Missouri, Estados Unidos,Ruth Elizabeth Grable ficou conhecida como “as pernas mais belas do mundo”, fato que causou fúria nos russos. Eles diziam que esse tipo de adoração funcionava como um instrumento para hipnotizar as massas e dissimular as causas da miséria. Em resposta a atriz disse: “Meu sucesso depende de duas causas, e eu aqui estou, em cima delas”. Atuou em filmes como 'Excursão do Estudante', 'Emoção de uma Vida' e 'Por sua Licença'.







Bibi Ferreira - Atriz e diretora nascida em 01/06/1922 no Rio de Janeiro (RJ), filha da atriz de circo Aída Isquerdo e do comediante Procópio Ferreira, Abigail Isquierdo Ferreira estreou no teatro com 24 anos. No cinema participou de filmes como 'Cidade Mulher', 'O Fil do Rio' e 'Almas Adversas''. Foi casada com o ator Gracindo Júnior e com o dramaturgo Paulo Pontes. Tem uma filha.










Brigite Bardot – Atriz nascida em 28/09/1934 em Paris, França, filha de um industrial francês, Camille Javal começou a carreira aos 17 anos em 1952, mas só em 1957 conheceu o sucesso através do filme “E Deus Criou a Mulher”, de Roger Vadim, com quem foi casada. O filme, que mostra seu corpo, serviu de modelo para as adolescentes da época. Atuou em mais de 30 filmes, entre eles “Viva Maria”, “Amar é Minha Profissão” e “Babette vai à Guerra”. Nos anos 60 esteve em Búzios (RJ) e mostrou a cidade para o mundo. Teve um filho, que a processou por ter dito certa vez, que “filho é como um tumor”. BB, como ficou conhecida, atualmente mora numa ilha francesa, onde atua como defensora dos animais. Vive com um empresário.





Carla Camurati - Atriz e cineasta nascida em 14/10/1960 no Rio de Janeiro (RJ), Carla de Andrade Camurati estreou na TV em 1983 na novela ‘Sol de Verão’ na TV Globo. Reavivou o cinema no Brasil com o filme “Carlota Joaquina, Princesa do Brazil”, em 1996. Recebeu vários prêmios como atriz e diretora. Foi casada com o cantor Zé Renato, e com os atores Tales Pan Chacon e Paulo José. Nos anos 80 saiu nua na Playboy. Disse numa entrevista que se arrependeu de ter feito um aborto. Casada com um empresário, tem um filho. É sócia de uma marca inglesa de produtos naturais.









Cacilda Becker – Atriz nascida em 06/04/1921 em Pirassununga (SP), Cacilda Yáconis Becker estreou no teatro aos 19 anos. Foi uma das fundadoras do Teatro Brasileiro de Comédia, o TBC, em 1948. Dez anos depois fundou sua própria companhia com Ziembinski, a irmã Cleide Yáconis e o marido, o ator Walmor Chagas, com quem teve uma filha. Atuou também no cinema e na TV. Morreu em 1969 de parada cardíaca num intervalo da peça “Clochar Esperando Godot”.









Carmem Miranda - Atriz e cantora nascida em Marco de Canaveses, Portugal, em 09/02/1909, Maria do Carmo Miranda da Cunha. Veio para o Brasil ainda criança com a família e trabalhou no rádio, no teatro de revista e na TV até ir para Hollywood trabalhar em musicais, tornando-se famosa no mundo todo, sendo considerada  pela revista Rolling Stone, 15ª maior voz da música brasileira. Foi a primeira artista de rádio a assinar contrato com uma emissora, nos anos 30. Fico conhecida pelos turbantes e frutas que usava e que se tornou sua marca registrada, além das sandálias plataforma (até então os sapatos eram usados por quem apresentava problemas) e das blusas com ombros de fora (conhecidas como blusas "cigana"). Atuou em 14 filmes americanos, entre eles "Serenata Tropical". Em 1940 foi convidada pelo presidente Franklin Roosevelt para cantar na Casa Branca, junto com seu grupo "Bando da Lua", ano em que foi eleita a terceira personalidade mais popular dos Estados Unidos. Em 1944 Carmem tinha uma fortuna estimada em dois milhões de dólares, sendo a mulher mais bem paga dos Estados Unidos. Foi ainda a primeira artista latino- latino-americana a ser convidada a imprimir suas mãos e pés no pátio do Grauman's Chinese Theatre, em 1941. No Brasil, Carmem é considerada a precursora do Tropicalismo. No Rio de Janeiro há um museu construído em sua homenagem. Em frente ao Teatro Chinês, em Hollywood há um cruzamento com seu nome, Carmen Miranda SquareMorreu de parada cardíaca, em Los Angeles (EUA), em 05/08/1955 .












Carmem Santos – Atriz, produtora e diretora nascida em Vila Flor, Portugal em 08/05/1904, Maria do Carmo Gonçalves começou a carreira aos 15 anos com o filme 'Urutau'. Fez depois “A Carne” (nunca exibido) e ‘Sangue Mineiro’. Chegou ao Brasil em 1912 e tornou-se a grande vedete do cinema mudo nacional. Em 1934 criou sua própria companhia, a Brasil Vox Film, que passou a chamar-se Brasil Vita Filmes por causa de um processo movido pela 20th Century/fox proprietária do título Fox Film. O estúdio funcionava na Tijuca, no Rio de Janeiro (hoje é um dos núcleos da Rede Globo). Falava sempre de modo ofegante, quase atropelando as palavras. Declarava-se inimiga do capitalismo e marxista de coração. Antes de ser famosa foi balconista do Park Royal e participou de conjuntos amadores teatrais. Morreu aos 48 anos. Não teve filhos (ficou estéril depois de cair de uma escada, quando estava grávida). Morreu em 24/09/1952 no Rio de Janeiro.








Carmem Silva – Atriz e roteirista nascida em Pelotas (RS) 05/4/1916, Maria Amália Feijó começou a carreira na adolescência como rádio-atriz (o nome artístico foi criado para não ser descoberta pela mãe). Chegou a escrever vãrios programas infantis e programas românticos para rádios. Foi para a TV nos anos 50, onde atuou em novelas como “A Viagem”, “Pé de Vento” “Ossos do Barão” e “Mulheres Apaixonadas”. Em 1973 ganhou o Prêmio Moliére. Casou-se aos 14 anos e teve 3 filhas (duas morreram). Aos 87 anos lançou sua auto-biografia.






Carmem Verônica – Vedete e atriz nascida em Recife (PE), em 12/06/1933, Carmelita Varella Alliz começou a carreira aos 16 anos como dançarina em programas de TV (para trabalhar em boates usava identidade falsa) . Foi nomeada uma das “Certinhas do Lalau”, lista de moças consideradas as mais sensuais que o jornalista Stanislaw Ponte Preta publicava no jornal Última Hora. Foi Miss Campeonato na TV Paulista em São Paulo, programa que dava ao time de futebol vencedor da semana, a atriz como prêmio. Participou de programas como “Praça da Alegria”, “Show das 7” e “Você é o Detetive”. Recebeu vários prêmios como melhor comediante. Atuou em 3 filmes e em novelas como “Deus nos Acuda”, e 'Belíssima'. Ficou famosa pelas belas pernas.






Carmem Violeta – Atriz, dançarina e cantora lírica nascida em 1908 em Santana do Livramento (RS), Germana Barbosa mudou-se para o Rio de Janeiro para tentar a carreira artística. Em 1929 estreou nas telas em 'Barro Humano', e acabou musa da Cinédia. Atuou em 'Lábios Sem Beijos', 'Mulher' e 'Onde a Terra Acaba'.











Carole Lombard - Atriz nascida em 06/10/1908 em Fort Wayne, Indiana (EUA), Jane Alice Peters começou a carreira aos 12 anos. Estreou no cinema em 1921. Atuou em 70 filmes, entre eles 'Alta Tensão', 'Homem do Mundo' e 'Sr e Sra. Smith'. Um acidente, de carro a deixou com uma cicatriz no rosto, que a obrigou a passar por várias cirurgias plásticas. Na juventude foi apaixonada pelo cantor Russ Colombo, que morreu com um tiro na cabeça por uma bala que disparou da arma que ele examinava. Foi uma das maiores comediantes do cinema mudo. Morreu em 16/01/1942 num acidente de avião, junto com a mãe e 20 passageiros ( o avião bateu numa montanha, assim que levantou vôo). Seu marido, Clark Gable, só saiu do local, após a certeza de que não havia sobreviventes. Os dois eram casados há 3 anos.



Catherine Deneuve – Atriz nascida em Paris, França, em 22/10/1943 filha do dublador Maurice Doleac e da atriz Renee Deneuve, estreou no cinema em 1960. Teve 4 irmãos (a irmã morreu aos 25 anos num acidente de automóvel). Foi casada com o diretor Roger Vadin com quem teve o filho Christian), com o ator Marcelo Mastroiani com quem teve a filha Chiara), e com o fotógrafo David Baley. Trabalhou em filmes como “Indochina”, “Bela da Tarde” e “E Deus Criou a Mulher”. Nos anos 80 lançou o perfume “Deneuve” e a grife de jóias “C”. Até hoje é símbolo de beleza.








Célia Biar - Atriz nascida em São Paulo em 1918, Célia Raphaella Martins Biar estreou no teatro em 1949 e na TV em 1970 na novela 'Pigmalião 70'. Depois atuou em novelas como 'Locomotivas', 'Pecado Rasgado' e 'Estúpido Cupido'. Morreu de câncer no pulmão aos 81 anos em 06/11/1999. Sua maior frustração foi não ter se casado nem ter tido filhos.









Cher - Atriz e cantora nascida em 20/05/1946 na Califórnia (EUA), Cherylin Sarkisian LaPiere começou a carreira aos 16 anos. É conhecida em Hollywood por sua extravagância e por contrariar as regras impostas pela sociedade. Atuou em filmes como 'Um Peixe Chamado Wanda' 'James Dean: O Mito Sobrevive' e 'Silkwood - O Retrato de uma Coragem'. Em 1987 recebeu o Oscar de Melhor Atriz pela atuação em Feitiço da Lua. Com o álbum "Believe", alcançou o topo das paradas musicais de todo o mundo, sendo a mulher mais velha a ter um hit nas paradas norte-americanas e, entrar para o Guiness Book, além de bater recordes de vendagens por todo o mundo. Recebeu seu primeiro e único Grammy Award pela Melhor Gravação Dance de 1999. Foi casada com o cantor Sony Bono, com quem teve a filha Chastity. Os dois tiveram a dupla Sonny & Cher. Fizeram também um programa semanal de comédia chamado "The Sonny and Cher Comedy Hour". Foi casada também com o roqueiro Gregg Allman da banda "The Allman Brothers Band". Em 2005 se despediu dos palcos após a turnê "Farewell 'Never Can Say Goodbye' Tour", com mais de 280 shows só nos Estados Unidos. Fez plásticas no rosto e no corpo para ficar mais bela.





Christina Applegate – Atriz americana nascida em 25/11/1971, filha de um produtor musical e de uma atriz, sua carreira começou com três meses de vida e conheceu o sucesso aos sete anos de idade Aos 36 anos foi diagnosticada com câncer nos seios, e fez mastectomia bilateral,  em 2008. Ficou famosa na televisão como a típica beleza americana: loira de olhos claros e magra. Atuou no seriado “Um Amor de Família e na série cômica “Samantha Who?” Atuou nos filmes “Viva! A Babá Morreu!”, “Tiro e Queda”, “Tudo para Ficar com Ele”, “O Âncora”, entre outros. Tem dois irmãos por parte do pai. Em 2001 se casou com um antigo namorado, Johnathon Schaech, mas os dois se separaram quatro anos depois. Em 2008 seu ex-namorado Lee Grivas foi encontrado morto de overdose de drogas. Em 2009 ela recebeu o prêmio de TV Innovator Award e foi considerada a mulher mais bonita pela revista People Magazine. Um ano depois ela engravidou do namorado Martyn LeNoble e os dois têm uma filha, Sadie Grace. Ela também participa de campanhas humanitárias.




Clara Bow – atriz nascida em 29/07/1905 na Califórnia (EUA), filha de uma prostituta com problemas mentais, sofreu abusos sexuais na infância. Clara Gordon Bow ficou famosa nos anos 20 por interpretar melindrosas, em filmes mudos. Atuou nos filmes 'Amor de Paris’, ‘Dias de Colégio’, entre outros. Abandonou o cinema em 1933, por não se adaptar aos filmes sonoros, e por ser recusada pelos produtores de filmes, por sua instabilidade mental (sofria de esquizofrenia, como a mãe), romances com atores famosos, como Cary Grant e John Wayne, e envolvimento com drogas e bebidas. Foi casada com o vaqueiro Rex Bell, com quem teve dois filhos. Em 1994 foi honrada com sua imagem em selos postais nos Estados Unidos. Foi a inventora do formato de 'boca de coração', em batom vermelho vivo, que virou moda em todo o mundo. Seus cabelos, ruivos, fizeram aumentar as vendas de henna. Morreu em 29/09/1965, de ataque cardíaco.






Claudette Colbert – Atriz e comediante nascida em Paris, França, em 13/09/1903, Claudette Lily Chauchoin começou a carreira na Broadway e estrelou no cinema em 1927. Atuou em filmes como‘O Filho da Fortuna’, ’Cleópatra’ e ‘Aconteceu Naquela Noite’ (1934) que lhe valeu um Oscar. Recebeu indicação para o Oscar no filme ‘Desde que Você foi Embora’. Foi uma das atrizes de maior salário em Hollywood. Ficou conhecida por ser muito exigente com os câmeras e iluminadores (exigia que seu rosto fosse fotografado do lado esquerdo). Morreu em 30/07/1996, aos 92 anos.








Claudia Cardinale - Atriz nascida em 15/04/1938 na Itália, Claude Josephine Rose Cardinale foi um símbolo de beleza no cinema. Começou a carreira após vencer um concurso de beleza em 1957. Atuou em filmes como 'Era uma vez no oeste', 'Rocco e seus irmãos'e 'O Leopardo'. Sua carreira não teve sucesso em Hollywood, porque não quis deixar a Europa para morar nos Estados Unidos. Atualmente enveredou-se pela política, tornando-se forte ativista envolvida em questões das mulheres e dos homossexuais. Casada, tem dois filhos. Não gosta de falar da vida particular. Sua vida é contada em seu livro 'Moi Claudia, Toi Claudia'.






Cleide Yáconis - Atriz e produtora nascida em 14/11/1926 em Pirassununga (SP), de família pobre, Cleyde Becker Iaconis fez várias novelas, entre elas 'As Gaivotas', 'torre de Babel' e 'Os Inocentes' e filmes como 'Madona de Cedro' e 'Dora Doralina'. Recebeu vários prêmios por sua atuação nos palcos. Foi casada por 11 anos com o ator Stênio Garcia, mas não teve filhos. É irmã da atriz Cacilda Becker. Seu sonho era ser médica. Antes de ser atriz trabalhou na produção de peças, e foi secretária.







Cleo de Verberena – Cineasta e atriz do teatro de revista nascida em Amparo (SP) em 26/06/1909, Jacyra Martins Silveira foi a primeira mulher a dirigir um longa-metragem no Brasil, o filme ‘O Mistério do Dominó Preto, em 1930. Para realizar o filme, vendeu jóias e propriedades. Também importou equipamento da França e montou a ‘Épica Film’. Foi casada com o fazendeiro César Melani e com um diplomata, com quem viajou pelo mundo, levando o filho do primeiro casamento. Assinou o roteiro de ‘Casa de Caboclo’, em 1931. Morreu em 1972.







Cristiane Torloni – Atriz nascida em 18/02/1957 em São Paulo (SP), filha dos atores Geraldo Mateus e Monah Delacy, Christiane Maria dos Santos Torloni começou a carreira em 1977 na novela “Duas Vidas”. Atuou depois nas novelas “Sem Lenço Sem Documento”, ”Louco Amor”, “Gina”, entre outras. Em 2001, ganhou o prêmio de melhor atriz com a peça “Salomé”. Aos 19 casou-se com o diretor e ator Dênis Carvalho, com quem teve 2 filhos gêmeos (um deles morreu atropelado acidentalmente por ela). Foi casada com o psicólogo Eduardo Mascarenhas, e atualmente vive com o diretor de TV Inácio coqueiro. Diz que não é feminista, mas que não nasceu para ser dona de casa.






Danielle Darrieux – atriz nascida em 01/05/1917 em Paris, França, Danielle Yvonne Marie Antoinette Darrieux começou a carreira aos 14 anos no filme 'Le Bal'. Também atuou no teatro e chegou a gravar alguns discos na década de 60. Em 1970 substituiu Katharine Hepburn na peça ‘Coco’, na Broadway. Participou de filmes, como ‘Tours Avec Moi’, ‘L’Amant de Lady Chaterley’, ‘Occupe-toi d’Amélie’ e ‘‘Adie Chérie’. Durante a guerra distraiu as tropas alemãs e a resistência francesa exigiu sua morte, o que não aconteceu. Morreu em 17/09/1942.









Darlene Glória – Atriz e cantora nascida em 20/03/1942 em São José do Calçado (ES), filha de pais evangélicos, Helena Maria Glória Viana foi miss Cachoeiro do Itapemirim. Estreou no cinema em 1965 no filme 'Um Ramo para Luíza'. Depois atuou em 'São Paulo S.A.', 'Terra em Transe' e 'Toda Nudez Será Castigada'. Premiada no Brasil e no exterior, abandonou a vida artística em 1973 ao tornar-se evangélica. Voltou ao cinema em 1998 em 'Até que a Vida nos separe’. Tem 4 filhos, sendo um deles com Mariel Mariscot, policial ligado ao Esquadrão da Morte. É casada com um pastor.





Déa Selva – Atriz nascida em Quipapá (PE) em 1917, Jandyra Berard foi a primeira estrela nortista a trabalhar no Rio de Janeiro. Interpretou no cinema, a ingênua sensual de “Ganga Bruta” nos anos 30, tendo sido a Baby star da Cinédia. Atuou depois em “Bonequinha de Seda”, ”João Ninguém”, “O Bobo do Rei Anastácio”, entre outros. Foi casada com o humorista Cazarré, com quem foi teve os filhos Olney e Older Cazarré, que também eram atores. Morreu em 1993.







Debbie Reynolds – Atriz e cantora nascida em 01/04/1932 no Texas (EUA), Mary Frances Reynolds começou a carreira como modelo em embalagens de produtos. Estreou no cinema aos 16 após receber o prêmio de um concurso de beleza, em 1948. Atuou em filmes como ‘Cantando na Chuva’ (pelo qual ganhou um Oscar), ‘Duas Semanas com Amor’ e ‘O Prazer de sua Companhia’. Em 1964, foi indicada ao Oscar por "A Inconquistável Molly Brown". Após o cinema, atuou na série de TV "Debbie Reynolds Show". Também abriu um hotel-cassino em Las Vegas. Casou-se 3 vezes: com Harry Karl, Richard Hamlet e Eddie Fisher, com quem teve dois filhos: a escritora Carrie Fisher e o diretor Todd Reynolds.




Débora Kerr – Atriz nascida em 30/09/1921 em Helensburg, Escócia, filha de um engenheiro, Deborah Jane Kerr Trimmer ficou famosa no filme ‘Tarde Demais para Esquecer’. Depois atuou em 'Dias sem Vida', 'Mesas Separadas', 'Bom Dia, Tristeza, 'entre outros. Recebeu 6 indicações ao Oscar de Melhor Atriz, por "Meu Filho" (1949), "A Um Passo da Eternidade" (1953), "O Rei e Eu" (1956), "O Céu é Testemunha" (1957), "Vidas Separadas" (1958) e "Peregrinos da Esperança" (1960). Sofre do mal de Parkinson Sua vida é contada em sua autobiografia.






Dercy Gonçalves – atriz brasileira nascida em 23/06/1907 em Santa Maria de Madalena (RJ), filha de pai alfaiate e mãe doméstica, aolores Gonçalves Costa começou a carreira como cantora aos 17 anos quando saiu de casa para acompanhar uma companhia de teatro mambembe. Entrou para o Teatro rebolado nos anos 30, quando contraiu tuberculose e foi proibida de trabalhar pela Saúde Pública. Sem dinheiro, recebeu ajuda do fã casado Ademar Martins, que a engravidou. Foi casada por 20 anos com o jornalista Danilo Bastos. Aos 84 anos passou por uma cirurgia para retirada de um câncer no estômago e chegou a quebrar uma costela num acidente de automóvel. Durante a recuperação, participou de um desfile na Marquês de Sapucaí com muletas e os seios de fora (o enredo da Viradouro era em sua homenagem). Aos 96 anos comprou o túmulo onde será enterrada. É conhecida pela irreverência, pelo humor e pelos palavrões que fala. Mudou o nome para Dercy para não ser confundida com a primeira-dama Darci Vargas. Tem, uma filha, Decymar.




Diana Barrymore – Atriz nascida em 03/05/1921 em Nova Iorque (EUA), filha do ator John Barrymore, sua vida foi marcada por tragédias. O alcoolismo a fez perder sua fortuna e a da família. Em 1953 foi espancada pelo marido, o ator Tom Farrell, ao fragá-lo com o amante. Em 1957, após ser internada num centro de desintoxicação lançou sua autobiografia que virou o filme ‘O Gosto Amargo da Glória’. Morreu em janeiro de 1960, aos 38 anos depois de sofrer queimaduras num incêndio que destruiu seu apartamento (depois descobriu-se que ela cometera suicídio).






Didi Viana -Atriz nascida em 27/06/1911 em Ipauçu (SP), desde adolescente queria se artista e chegou a fazer vários testes até subir aos palcos. Mas afastou-se do cinema ao se casar com o diretor Adhemar Gonzaga, com quem teve uma filha. Atuou nos filmes 'Lábios Sem Beijos’, ' O Preço de um prazer’, 'Bonequinha de Seda' e 'Alô Alô Carnaval’. Morreu aos 75 anos em 20/07/1976. 




Dina Sfat – Atriz judia, Dina Kutner Sfat entrou para a televisão em 1966 na TV tupi na novela “Ciúmes”. Depois atuou em “Os gigantes”, “Eu Prometo”, “Bebê a Bordo”, entre outras e nos filmes “Macunaíma”, “O Homem do Psiu Brasil”. Foi símbolo sexual e posou nua para a revista Playboy. Foi casada 17 anos com o ator Paulo José, com quem teve 3 filhas, entre elas a atriz Bel Kutner. Antes de ser famosa foi secretária na Universidade Mackenzie em São Paulo e chegou a ganhar um prêmio por sua eficiência. Morreu em 1989 de câncer. Sua vida é contada em sua autobiografia.





Dolores Del Rio - atriz nascida em Durango, no México em 03/08/1905, filha de banqueiro, Dolores Ansunsolo estreou no cinema-mudo em 1925, fazendo sucesso no México e nos Estados Unidos. Atuou em ‘Maria Candelaria’, ‘Ave do Paraíso’, ‘Evangelina’. Sua beleza despertava inveja nas estrelas americanas. Foi casada com Cedric Gibbons e com Jaime Del Rio. No México, ficou conhecida como "La Doña". Educada em convento, foi mandada pelos pais, a Paris, para aprender canto (tnha uma voz linda). Morreu em 11/04/1983.







Doris Day – atriz nascida em 03/04/1924 em Ohio (EUA), Doris Mary Ann Von Kappelhoff começou a carreira de cantora no grupo de Bob Crosby, em Chicago. Estreou no cinema na década de 40 e continuou a interpretar papéis de moça virgem e ingênua, mesmo depois de casada na vida real. Atuou em filmes como ‘Ardida como Pimenta’, ‘O Homem que Sabia Demais’ e ‘Um Pijama para Dois’. Trabalhou com Bob Hope numa ´serie de shows em 1948. Em 1955, formou a Arwin Productions. Foi indicada ao Oscar pelo filme 'Confidências à Meia Noite'. Atualmente, dedica-se à proteção de animais na 'Doris Day Pet Foundation'.






Dulcina de Moraes – Atriz de teatro nascida em Valença (RJ) em 03/02/1908, filha da atriz Conchita de Moraes e do ator Átila de Moraes, Dulcina Mymssem de Morais atuou em mais de 300 peças como “Bodas de Sangue”, que foi sucesso em outros países da América Latina. Estreou na Companhia Brasileira de Comédias em 1923. Dez anos depois fundou a empresa Dulcina-Odilon, junto com o marido Odilon. Criou o ensino superior de teatro no Brasil e conquistou benefícios, como o feriado das segundas-feiras para os atores e a Casa dos Artistas para idosos. Passou a morar em Brasília após convite de Juscelino Kubitscheck para conhecer a cidade. Morreu em 1996 aos 89 anos num apartamento do Ministério da Marinha, quase na miséria. Suas roupas e acessórios usados nas peças estão guardadas no teatro que leva seu nome. A sobrinha Vera de Moraes pretende de criar um museu da atriz.





Elaine Cristina - Atriz nascida em 13/05/1950 em São Paulo (SP), Júlia Sanches começou sua carreira no rádio e na TV estreou em 1961 na novela ‘A Herdeira de Fereleac’. Ficou conhecida pela voz firme e pela beleza, que a possibilitou ser protagonista de várias novelas, como ‘Ídolo de Pano’, e ‘Os Inocentes’ e ‘O Profeta’. Estreou no cinema em 1971 no filme ‘Até o Último Mercenário’. Foi a primeira mulher a usar minissaia numa telenovela. Apesar de fazer vários papéis de “mocinha”, nos bastidores, sempre lutou por seus direitos. É casada com o ator Flávio Galvão, com quem tem um filho, Flávio. Sem convites para novelas, tornou-se produtora de teatro nos anos 90. Sua falta nas novelas é constantemente questionada pelos fãs. É irmã da atriz Gilmara Sanches.





Eleonora Duse – Atriz nascida em 03/10/1858 em Vigevano, Itália, foi rival de Sarah Bernhardt nos palcos da Belle Epoque. Alcançou sucesso em Nápoles e Milão, antes de exibir-se em vários países da Europa e dos Estados Unidos. Em 1895 apaixonou-se pelo poeta Grazielle D’Annunzio, com quem teve um longo romance. O poeta criou para ela ‘Freancesca de Rimini’, em 1901. O jornalista Mattino Cafiero a abandonou grávida de um bebê que teve morte prematura. Em 1881, casou-se com o ator Theobaldo Checchi, com quem teve uma filha. Também teve um caso amoroso com o ator Flavio Ando, a dançarina Isadora Duncan e com outras mulheres. Morreu em 21/04/1924.





Eliana Macedo - Atriz nascida em 21/09/1926 em Portela (RJ), sobrinha do diretor Watson Macedo, Ely de Souza Murce abandonou a carreira de professora para estrear no cinema em 'E o Mundo se Diverte', de 1949. Atuou em 24 filmes, entre eles 'Assim era a Atlântida', 'Maria 38' e 'A Outra Face do Homem', que lhe valeu o prêmio Saci de melhor atriz em 1954'. Musa da chanchada. foi casada com Renato Murce, produtor da Rádio Nacional do Rio de Janeiro. Morreu aos 63 anos, em 18/06/1990.









Elizabeth Montgomery - Atriz nascida em 15/04/1933, filha da atriz Elizabeth Aleen e do ator Robert Montgomery, Elizabeth Victoria Montgomery começou a carreira em 1951 ao estrear ao lado do pai o seriado ' Robert Montgomery Presents'. Mas ficou famosa ao interpretar uma bruxinha no seriado 'A Feiticeira' na década de 60. Casou-se 4 vezes e teve 3 filhos com o terceiro marido, o produtor William Asher (durante o seriado ela engravidou dos filhos e separou-se). Atuou em 24 filmes, como 'Além da Imaginação', 'Um Passo Além' e 'Os Intocáveis', pelo qual recebeu o Emmy. Fez seriados e peças na Broadway. Morreu de câncer em 1995 ao lado do 4o marido, o ator Robert Foxworth. Nos últimos anos ela levava uma vida pacata e doméstica.




Elizabeth Taylor - Atriz nascida em Britian, Inglaterra em 1932, filha de americanos, Elizabeth Rosamund estreou no cinema aos 10 anos de idade no filme “A Força do Coração”, onde interpretava a dona do cachorro Lassie. Depois atuou em ‘Gata em Teto de Zinco Quente’’, ‘Jane Eyre’, entre outros. Foi a primeira atriz a ganhar milhões de dólares por um único filme, com “Cleópatra”, em 1963. Casou-se 8 vezes, sendo duas com o ator Richard Burton. Outros maridos foram Nick Hilton, Michael Wilding, Mike Todd, Eddie Fischer, John Warner e Larry Fortenski. Ficou conhecida pela beleza (diziam que seus olhos azuis são cor de violeta). Dos anos 80 aos 90 passou por várias cirurgias, enfrentou o alcoolismo e a depressão, engordou 30 quilos e voltou a emagrecer. Atualmente dedica-se à causa da Aids. Em 1987 lançou o perfume “Passion”.





Elke Maravilha – Atriz e filósofa nascida em 22/02/1945 em Leningrado (Rússia), filha de pai russo e mãe alemã, Elke Giorgierena Grunnupp Evremides começou a carreira como manequim nos anos 70 e jurada de programas. Atuou em cerca de 20 filmes brasileiros, entre eles 'Salário Mínimo', 'O Barão Otelo no Barato dos Milhões' e 'O Rei do Baralho'. Veio para o Brasil ainda criança com a família fugindo do Stalinismo. Fala mais de 5 idiomas. Foi casada 5 vezes. Seu último marido foi o artista plástico Sasha. Não teve filhos. Morreu em 2016.







Elvira Pagã - Vedete nascida em São Paulo (SP), Elvira Olivieri Cozzolino começou a carreira no teatro rebolado nos anos 50, sendo a primeira mulher da América Latina a desfilar de biquíni. Posou nua e fez uma cirurgia plástica por motivos unicamente estéticos: diminuiu os seios para seguir os padrões de beleza da época. Foi rainha do Carnaval carioca e participou de 8 filmes. Afastou-se dos palcos na década de 60 e nos últimos tempos vivia sozinha num apartamento em Copacabana. Morreu em 08/05/2003 num hospital do Rio de Janeiro.






Esther Williams – Atriz nascida em 08/08/1923 em Los Angeles (EUA), foi eleita uma das estrelas mais rendosas de 1950 sendo considerada a 'Sereia de Hollywood' e a 'rainha dos Musicais da METRO'. Atuou em filmes como ‘Filha de Netuno’, ‘Emoção de um Romance’ e ‘Duquesa de Idaho’. Antes de ser atriz, foi campeã de natação. Foi casada com o médico Leonard Kouner e com os atores Ben Gage e Fernando Lamas. Teve 3 filhos. Aos 51 anos, em dezembro de 1974, foi presa por dirigir embriagada.








Eva Nil – Atriz nascida em 25/06/1909 no Egito, Eva Comello veio para o Brasil nos anos 20 e adotou o sobrenome Nil para homenagear o rio Nilo, importante para seu País. Sua primeira aparição no cinema foi no filme “Primavera da Vida”. Em 1927 fundou com o pai a Atlas Filmes, produzindo o filme “Senhorita Agora Mesmo”, 'Valadão, o Cratera', 'Na Primavera da Vida' e “Barro Humano”. Nessa época o jornal Correio da Manhã publicou que a atriz costumava viajar sozinha de Cataguases (MG) para o Rio de Janeiro. Com medo de perder sua reputação com os fãs, decidiu abandonar a carreira em 1928 (pediu que a Cinearte deixasse de publicar fotos suas). Morreu em 25/06/1990 aos 81 anos em Cataguases (MG).



Eva Schnoor – Atriz nascida em 1906 em São José do Rio Pardo (SP), foi vencedora do concurso de beleza Rainha do Cinema Brasileiro. Nunca tinha posado para uma câmera cinematográfica, mas se tornou uma estrela popular em todo o país. Com o filme ‘Anjo do Lar’, levou pais e alunos às lágrimas no colégio Sacré Couer da Tijuca. Participou de ‘Mulher’, o primeiro filme falado brasileiro a ser produzido em Hollywood, mas o filme não foi concluído. Abandonou a carreira em 1928 ao casar-se com o galã Carlos Modesto (ele fez o mesmo).






Eva Todor – Atriz e bailarina nascida em 09/11/1919 na Hungria filha única de um comerciante e neta de um roteirista de cinema, entrou para o teatro com 4 anos de idade. Pouco tempo depois mudou-se com a família para São Paulo. Na juventude fundou a "Companhia Eva e Seus Artistas", que lançou muitos atores, como Daniel Filho, Herval Rossano e Jardel Filho. Na televisão, estreou em 1957 no seriado "Aventuras de Eva". Depois fez a novela "Locomotivas", "Top Model", entre outras. Foi casada com o escritor de peças teatrais Luiz Iglesias e com o engenheiro químico Paulo Nolding, mas ficou viúva dos dois.








Eva Wilma – Atriz nascida em São Paulo em 14/12/1933, Eva Wilma Buckup começou a carreira nos anos 60 no seriado ‘Alô Doçura’, ao lado do ex-marido John Herbert, com quem teve um casal de filhos. Depois atuou em mais de 30 novelas entre elas ‘Mulheres de Areia’, ‘A Indomada’ e ‘A Viagem’. Em 1982 casou-se com o ator e diretor Carlos Zara, que morreu em 2002. Cursou línguas, piano, balé, violão e canto. Recebeu vários prêmios por seu trabalho. Nos anos 60, quase chegou a participar de um filme de Hitchcok.






Fada Santoro - Atriz, dançarina e crooner nascida no Rio de Janeiro (RJ) em 29/09/1926, Mafalda Basílio Monteiro dos Santos Mandarim Santoro começou a carreira na Companhia Alda Garrido. Trabalhou em cassinos como o da Pampulha, em Belo Horizonte na década de 30. Atuou nos filmes 'Nem Sansão Nem Dalila', 'Pif Paf', 'Escrava Isaura', entre outros.










Farrah Fawcett – Atriz nascida em 02/02/1947 no Texas, Mary Farrah Leni Fawcet foi símbolo sexual nos anos 70. Começou a carreira após vencer um concurso de beleza, atuando nos filmes 'Dr. T e suas Mulheres', ''A Cama Ardente', 'Saturno' e o seriado ‘As Panteras’, seu grande sucesso. Foi casada com o ator Lee Majors e com o ator Ryan O’Neal, com quem teve o filho Redmond aos 38 anos. O casamento terminou quando Farrah o flagrou com uma jovem ao chegar em casa. Deprimida, passou a se drogar. Em 1999 fez plástica no rosto após aparecer em revistas com o rosto inchado de tanto apanhar de Ryan. Em 1998 foi agredida pelo namorado James Orr, por se recusar a casar-se com ele. Agredida pelo namorado, seu rosto com hematomas estampou várias revistas, fazendo-a um símbolo contra a violência doméstica. Os belos dentes, o sorriso e o corpo perfeitos, lhe permitiu fazer vários comerciais. Saiu duas vezes na Playboy. Seu cabelo estilo selvagem foi copiado pelas mulheres de todo o mundo (nos Estados Unidos tinha até concurso para saber quem tinha o cabelo mais parecido com o dela). Em 2006, anunciou que estava com câncer no reto. Morreu em 2009.









Fernanda Montenegro – Atriz nascida no Rio de Janeiro (RJ) em 16/10/1929, Arlette Pinheiro Monteiro foi a primeira estrela a ser contratada pela televisão, a TV Tupi. Estreou no teatro em 1950 e ganhou vários prêmios nacionais e internacionais, o que lhe valeu o título de ‘Dama do Cenário Artístico’. Fez várias novelas, peças e filmes, entre eles ‘Central do Brasil’, em que concorreu ao Oscar de Melhor Atriz. É casada com o ator Fernando Torres, com quem tem dois filhos (o produtor Cláudio torres e a atriz Fernanda Torres).






Florinda Bolkan – Atriz nascida em Uruburitana (CE) em 1937, filha de um poeta e deputado, descendente de índios pelo lado materno, fez sucesso no cinema europeu nos anos 60, atuandou em cerca de 50 filmes, 'Bella Donna'. Em 2000 estreou na direção com o filme 'Eu Não Conhecia Tururu’. Antes de ser atriz foi funcionária da Varig. Fala francês e inglês. Vive no Castelo de Bracciano, na Itália e faz pontas em filmes.









Germaine Dulac – cineasta nascida em 17/11/1882 em Paris, França, é autora de filmes da Avand Garde nos anos 20, entre eles ‘A Festa Espanhola’, ‘A Concha e o Clérigo’. Nos anos 30 dirigiu o jornal cinematográfico ‘Atualidades Pathé’. Morreu em 20/07/1942.















Gilda de Abreu – Atriz, roteirista e cantora soprano nascida em Paris, França em 23/09/1904 filha de cantora lírica e de um médico, veio para o Brasil ainda criança. Estreou no cinema em 1936 no filme 'Bonequinha de Seda'. Dirigiu 'O Ébrio' que foi sucesso em todo o Brasil, e 'Pinguinho de Gente', numa produção cara que comprometeu a produtora Cinédia. Foi casada com o cantor e compositor Vicente Celestino. Morreu em 04/06/1979.






Gina Lolobrígida - Atriz, fotógrafa e escultora nascida em 04/7/1927 em Subiaco, Itália, filha de um metalúrgico, Luigina Lolobrigida, começou a carreira como modelo aos 18 anos. Em 1947 ficou em 3o lugar num concurso de Miss Itália e em segundo lugar como Miss Roma. Participou de foto-novelas e no cinema atuou em ‘Aquila Vera’, ‘Campane a Martelo' e ‘Vendeta Nel Sole’. Casada com o médico iugoslavo Milk Scootic, tem um filho. Deixou o cinema em 1972 para ser fotógrafa. Em 1999 iniciou sua carreira na política. Aos 3 anos foi eleita a criança mais bonita da Itália.






Ginger Rogers – Atriz, dançarina e cantora nascida em 16/07/1911, em Montana (EUA), Virginia Katherine MacMath foi parceira de Fred Astaire em vários filmes, como ‘Voando para o Rio’, ‘A Alegre Divorciada’ e ‘Dance Comigo’. Longe dos sets o casal se odiava (ea dizia que fazia a mesma coisa que o companheiro, porém em cima de um salto alto). A dupla se desfez em 1949 após o filme ‘Ciúme, Sinal de Amor’. Ganhou o Oscar de melhor atriz por "Kitty Foyle. Nos anos 50 participou da caça aos comunistas nos Estados Unidos promovida pelo macartismo. Morreu de morte natural em 25/04/1995.





Glória Magadan – Novelista nascida em Havana, Cuba, Maria Magdalena Iturrioz y Placencia veio para o Brasil em 1964 como supervisora da seção internacional de novelas da Colgate-Palmolive de São Paulo. Contratada pela TV Globo como diretora do núcleo de dramaturgia, brigou com a emissora por aumento de salário e mudou-se pra Miami (EUA) em 1970. Sua primeira novela brasileira foi ‘Paixão de Outono’. Em seguida escreveu ‘Eu Compro Essa Mulher’, ‘O Sheik de Agadir’, ‘O Rei dos Ciganos’ entre outras.









Glória Perez – Novelista nascida no Acre, Glória Maria Ferrante Perez começou a escrever novelas ajudando Janete Clair em 1983 na novela ‘Eu Prometo’. Depois escreveu o seriado ‘Hilda Furacão’, as novelas ‘Barriga de Aluguel’, ‘Explode Coração, entre outras. Separada de um advogado, teve 3 filhos (a filha Daniela Perez foi assassinada pelo ator Guilherme de Pádua, durante a novela ‘De Corpo e Alma’, escrita por ela. Sua principal característica é focalizar fatos reais nas histórias fictícias, como aids e garotos de programa.







Glória Swanson - Atriz nascida em Chicago (EUA) em 27/03/1897, Gloria Josephine Mae Swenson foi uma das atrizes mais populares dos anos 20 e ficou famosa pela bela voz. Atuou em filmes como 'Além das Rochas', 'Dr. Kildare', 'O Pledge Quebrado', 'Coração e Faíscas' entre outros. Casou-se 6 vezes e foi amante do ex-presidente dos Estados Unidos Joseph Kennedy. Teve dois filhos: Glória e Joseph (adotivo). Na infância sua mãe fazia chapéus para tapar suas orelhas grandes. Morreu em 04/04/1983 aos 84 anos.








Grace Kelly – Atriz nascida em 12/11/1929 na Pennsylvania (EUA), filha de Jack Kelly, ex-campeão olímpico de remo, Patrícia Kelly foi a musa do cineasta Hichkock, mas deixou a carreira para casar-se com o príncipe Rainier, de Mônaco, em 1956. Atuou em 11 filmes, entre eles ‘Amar é Sofrer’, ‘Alta Sociedade’, ‘O Cisne’ e ‘Janela Indiscreta’. Namorou todos os galãs dos filmes que participou, como Clark Gable, Bing Crosby e William Holden. Enquanto princesa, desdobrou-se em obras beneficentes. Na realidade, o casamento teria acontecido por interesse do príncipe, que assim chamaria a atenção do mundo para Mônaco. Para que o casamento se realizasse, ele exigiu que Grace fizesse exames de fertilidade para saber se poderia ter filhos. Sua vida é contada no livro que leva seu nome. Morreu num acidente de carro em 14/09/1982 aos 52 anos. O príncipe morreu em 2004. Tiveram 4 filhos.



Gracia Morena – Atriz, poetisa, pintora e caricaturista nascida em Gênova, Itália, em 19/07/1908, Gracia Strobbia Rangel chegou ao Brasil na infância e foi a atriz principal do filme ‘Barro Humano’ que marcou o início do verdadeiro cinema brasileiro em 1929. Antes de ser famosa fez capas e caricaturas para revistas, como a Fon-Fon. Durante uma exposição de seus desenhos, conheceu o produtor de cinema Adhemar Gonzaga e foi convidada por ele a fazer um teste para cinema. Em 1932 foi contratada pelo diretor russo Charpino para participar do filme 'Príncipe Vassilief' com cenas em Santiago, Quito e México.  











Greta Garbo – Atriz nascida em 18/09/1905 em Estocolmo, Suécia, filha de um operário, Greta Louisa Gustaffson começou a carreira na Alemanha e foi para Hollywood em 1925. Atuou em 27 filmes, entre eles ‘Rainha Cristina’, ‘Anna Karenina’, ‘O Beijo’ e ‘Ninotchka’. Recebeu várias indicações ao Oscar, mas não ganhou nenhum. Chegou a ganhar por semana 5 mil dólares, o que era muito para a época. Virou mito por causa do mistério que envolvia sua vida particular. Em 1941, no auge do sucesso aos 36 anos abandonou a carreira e foi viver sozinha. Teve muitos romances (sendo um deles supostamente com uma amiga, segundo uma carta encontrada em 2000). Seus cabelos, o jeito de vestir e de se comportar, foi copiado pelas mulheres da época. Morreu em 15/04/1990.



Harry Berry - Atriz nascida nos Estados Unidos em 14/08/1966 em Ohio (EUA), Halle Maria Berry começou a carreira nos anos 90 em pontas de filmes. Em 2002 ganhou o Oscar de melhor atriz no filme 'A Última Ceia', sendo a primeira negra a ser premiada pela Academia. Em 2003, aos 37 anos ganhou o título de a mulher mais sexy do mundo ao interpretar 'A Mulher Gato'. Em 2004 um jornal britânico anunciou que ela estaria fazendo tratamento para ficar branca. Casou-se duas vezes, e tem um filho.







Hedy Lamarr - Atriz nascida na Áustria em 09/11/1913, filha de um banqueiro e de uma pianista, Hedwig Eva Maria Kiesler foi a primeira estrela a aparecer nua num filme, quando nadou sem roupa por 10 minutos no filme “Êxtase” em 1932. Atuou em 40 filmes, entre eles ‘Sansão e Dalila’, 'Desonrada', e 'Estranha Mulher'. Disse certa vez que “qualquer mulher pode parecer glamourosa: basta ficar parada e parecer burra”. Casou-se 6 vezes, entre elas com um fabricante de armas. Foi inventora de um sistema revolucionário de transmissão de dados por rádio, que permitiria aos aliados controlar bombas sem que a Alemanha pudesse interceptar suas comunicações. Morreu dormindo em seu apartamento em Orlando (EUA) aos 86 anos em 19/01/2000. Seu invento foi usado em 1962 e só foi atribuído à ela em 1985, cinco anos antes de ela morrer na miséria (ela havido doado a patente ao governo).



Henriette Morineau – Atriz nascida em 29/11/1908 em Niort, França, começou a carreira aos 18 anos em Paris integrando depois a companhia 'Comédie Française', que lhe deu passaporte para apresentar-se em vários países. Nos anos 30 chegou ao Brasil e estreou no Cinema Nacional em 1951 em 'O Comprador de Fazendas'. Depois atuou em 'Perdoa-me Por me Traíres', 'Bonitinha, mas Ordinária', ‘O Comprador de Fazendas’, entre outros. Na TV atuou nas novelas 'A Escrava Isaura’ e ´Água Viva´. Foi casada com o ator Georges Marineau com quem teve a filha Antonieta Morineau, que também é atriz. Criou o teatro infantil brasileiro. Dedicou a velhice aos leprosos e acabou morando na casa dos idosos. Morreu em 03/12/1990 de derrame cerebral.



Ilza Silveira – Atriz, roteirista e diretora nascida em 1932 no Rio Grande do Sul, escreveu peças e novelas, como o ‘Teatro do Lar Feliz’, ‘Só Resta o Silêncio’ e o ‘Teatro de Novelas Coty’. Foi levada para o Rio de Janeiro por Antônio D’ Ávila, que viria a ser o diretor geral da TV Tupi em São Paulo. Morreu em 03/05/1963.




Ingrid Bergman – Atriz nascida na Suécia em 29/08/1915, ficou órfã muito cedo, frequentou cursos de teatro até ser descoberta por Hollywoody. Foi casada com o cineasta Rosselinni, com quem teve 4 filhos (a filha Isabela Rosselinni é atriz). Atuou em diversos filmes, entre eles ‘Casablanca’, ‘Por Quem os Sinos Dobram’ e ‘Sonata de Outono’. Ganhou 3 Oscar. Casou-se três vezes: com Peter Lindstrom, com quem teve a filha, Pia, com o diretor de cinema Roberto Rosselini com quem teve os filhos Roberto, e as gêmeas Isotta e Isabella, e com Lars Schimidt. Ao escrever sua biografia assumiu seus amores. Recusava-se a assumir o papel de símbolo sexual e pedia aos maquiadores que não exagerassem nas cores. Também não usava vestidos que realçassem as curvas. Mesmo assim foi considerada uma das atrizes mais sensuais do cinema. Morreu em 29/08/1982, aos 67 anos.



Íris Bruzzi – Atriz brasileira nascida no Rio de Janeiro 16/02/1935 (RJ), começou a carreira como vedete nos anos 60, enlouquecendo os homens com meia-calça colorida, biquínis rendados e salto alto. Foi musa do teatro de revista. Atuou nos filmes 'Garota Enxuta’, ‘Massagista de Madame’, ‘O Homem Nu’, entre outros. Vive em Nova York desde 1990, alugando apartamentos para atores brasileiros que vão passar temporada nos Estados Unidos. Casou-se 3 vezes e tem 5 filhos, sendo um deles, prefeito numa cidade dos Estados Unidos. Foi casada com os atores Jorge Dória e Valter Pinto.






Ivani Ribeiro - Novelista, professora e filósofa nascida em 20/02/1916 em São Vicente (SP), Cleyde de Freitas Alves Ferreira foi a primeira mulher no Brasil a ter um programa diário de rádio-teatro só seu. Trabalhou também como compositora de samba, rádio-atriz e produtora de programas de variedades na Rádio Educadora. Na TV estreou em 1963 com a série ‘Os Eternos Apaixonados’. Chegou a escrever 13 novelas ao mesmo tempo, na TV Excelsior. Depois foi para a TV Tupi, Bandeirantes, Record e Globo, onde escreveu 40 novelas como 'A Moça que Veio de Longe’, ‘A Deusa Vencida’, ‘O Profeta’ e 'Mulheres de Areia'. Foi casada com o locutor e escritor Dárcio Alves Ferreira, com quem teve dois filhos. Discreta, não gostava de falar da vida pessoal. Morreu de insuficiência renal causada pela diabetes aos 79 anos, em 17/07/1995.




Jane Fonda – Atriz nascida em 21/12/1937, em Nova Iork, filha do ator Henry Fonda, Jane Seymour Fonda começou a carreira como manequim e estreou na Broadway nos anos 60. No cinema tornou-se símbolo sexual com o filme 'Barbarella'. Atuou depois em ‘Descalços no Parque’, 'Síndrome da Chona', entre outros. Ganhou 2 Oscar e o prêmio da Brtith Film Academy por ‘Júlia’. Aos 52 anos escreveu um livro e produziu um vídeo sobre ginástica. No início da carreira, recusou-se a operar o maxilar para ficar com o rosto mais magro. Ativista política, gritou contra a guerra do Vietnã, o racismo, o terrorismo. casou-se 3 vezes: com o cineasta Roger Vadim, o dono da CNN Ted Turner e o político Tom Hayden. Tem 3 filhos.






Janete Clair – Novelista nascida em 25/04/1925 em Conquista (MG), Jenete Stocco Emmer ficou conhecida como a 'Dama da Noite' por escrever tramas para o horário nobre da TV Globo. Adotou o nome de Janete Clair aos 19 anos, quando passou a trabalhar como rádio-atriz pela Difusora de São Paulo. Foi casada com o novelista Dias Gomes, com quem teve 4 filhos (um morreu com 3 anos de idade). Escreveu as novelas ‘Sétimo Sentido’, ‘Selva de Pedra’, ‘Irmãos Coragem’, entre outras. Morreu de câncer no intestino aos 57 anos em 17/11/1983.






Jayne Mansfield - Atriz nascida na Pensilvânia em 19/04/1933, Vera Jane Palmer foi estrela na década de 50. No auge do sucesso chegou a vender sua água de banho por 10 reais o frasco. Foi casada com Paul Mansfield, com quem teve a filha Jayne, com Mickey, pai de seus filhos Mickey, Zoltan e Mariska. Seu terceiro casamento foi com Matt Cimber, com quem teve o filho Antonio. Teve vários romances, entre eles com o cantor/ator Elvis Presley. Audaciosa, chegou a dançar nua em cima da mesa, durante uma festa.Morreu em 29/07/1967 de acidente de carro. Seus três filhos sobreviveram. Sua vida é contada no livro 'Jayne Mansfield'.






Jean Harlow – Atriz nascida em 03/03/1911 nos Estados Unidos, Hearlen Carpententier começou a carreira aos 16 anos por determinação da mãe. Atuou em 36 filmes entre eles, Suzy’, ‘Esposa contra a secretária’ e ‘Mares da China. Sua carreira durou apenas 10 anos. Sua vida foi marcada por tragédias: aos 5 anos contraiu meningite, aos 15 sofreu da febre do scarlet, aos 16 casou-se com Charles McGrew e logo separou-se. O segundo marido, o produtor Paul Berna, suicidou-se. Teve relacionamentos com gangsters, e apareceu nua aos de 17 anos. Também teve problemas com um padrasto e fez um aborto de William Powell, seu terceiro marido. Ficou conhecida pelo jeito sensual e pelos robes de cetim branco, que se transformaram em uniforme das libertinas da época. Em 1930 teve os cabelos descoloridos por causa de um erro cometido por um cabeleireiro. O resultado agradou às consumidoras, que correram para comprar água oxigenada, obrigando os comerciantes a aumentarem seus estoques. Morreu em 1937 aos 27 anos de uremia durante as filmagens de ‘Saratoga’. Ao saber de sua morte, muitos fãs tentaram o suicídio.



Jéssica Tandy – Atriz nascida na Inglaterra em 01/06/1909, estreou no teatro ao lado de Laurence Olivier. Sua entrada no show biz americano aconteceu em 1949, com a peça “Um bonde chamado Desejo”. Em 1990 ganhou o Oscar pelo filme “Conduzindo Miss Dayse”. Atuou em “Tomates Verdes Fritos”, “Cocoon”, “Amigos para Sempre”, entre outros Ganhou 3 Tonys durante a carreira, sempre brilhando em papéis secundários. Foi casada com os atores Jack Hawking e Hume Crony. Morreu aos 85 anos, em 11/09/1994, de câncer no ovário.








Joana Fomm - Atriz brasileira nascida em 14/09/1939 em   Belo Horizonte (MG), Joana Maria Fomm foi criada no Rio de Janeiro, por um casal de tios, já que ficara órfã ainda bebê. Estreou no cinema em 1962 com o filme "O Quinto Poder" e depois atuou em "O Homem Desconhecido" e "Todas as Mulheres do Mundo", entre outros. Dez anos depois foi para a TV Tupi, atuando em novelas como "Ovelha Negra", "A Fábrica" e "Ídolo de Pano". Em 1977 estreou na TV Globo na novela "Sem Lenço Sem Documento", seguida de "Dancing Days", seu grande sucesso, "Tieta", "Coração Alado", entre outras. Teve quatro maridos: o comediante Francisco Milani, o diretor Astolfo Araújo, Ricardo Gouveia e com o ator Nélson Xavier. Tem um filho. Aos 72 anos, em 2016 anunciou que tinha um câncer e aos 76 anos, disse que sofre de disautonomia, qum problema no sistema nervoso, e desabafou nas redes sociais que foi dispensada da globo num momento tão importante da sua vida.








Joan Collins – atriz, escritora e produtora nascida em 23/05/1933, Londres, Inglaterra, Joan Henrieta Collins ficou conhecida pelo seriado ‘Dinastia' nos anos 80. Estreou no cinema em 1955 com o filme ‘Terra dos Faraós’. Depois atuou em ‘Lady Godiva Rides Again’, ‘Se o Leito Falasse’, Esther e o Rei’, entre outros, tendo sido condecorada com a Ordem do Império Britânico. Recebeu outras honras e méritos por trabalhos voluntários e humanitários. Em 2004 entrou para a política no Reino Unido. Foi casada com o ator Antony Newley. Casou-se 4 vezes e tem três filhos. Seu namoro com o ator Warren Beatty, sendo a única mulher, antes de Anette Bening, a quem ele pediu em casamento. Chegou a morar num trailler, com o então marido, o cantor Anthony Newley, quando a filha deles ficou três meses internada, em comá, após um acidente de automóvel.






Joan Crawford – Atriz nascida em San Antônio, Texas (EUA) em 23/03/1904, Lucille Faye Le Sueur foi dançarina de cabaré, garçonete e atriz pornô antes de ser famosa. Foi descoberta por um executivo da MGM em Nova Iorque quando dançava na noite. Estreou em 1925 no filme ‘Pretty Ladies’. Em seguida fez ‘A Mulher que Perdeu a Alma’, ‘Possuída’, ‘O Que Aconteceu com Baby Jane’, entre outros. Recebeu o Oscar de melhor atriz por 'Mildred Pierce'. A partir da década de 80 fez filmes de baixos orçamentos e tornou-se alcoólatra. Casou-se 4 vezes, sendo o último marido, dono da Pepsi-Cola. Morreu solteira em 10/05/1977.




Jodie Foster – Atriz, produtora, diretora e cineasta nascida em 19/11/1962, em Los Angeles (EUA), Alicia Christian Foster começou a carreira como modelo aos 3 anos de idade (é a menina que tinha o biquíni puxado por um cachorro num anúncio do bronzeador Coppertone). Entrou para o cinema na infância e aos 12 anos recebeu sua primeira indicação para o Oscar por sua atuação em “Taxi Driver”. Atuou depois em ‘Mentes que Brilham’, ‘O Silêncio dos Inocentes’, “O Retorno de Sommersby”, “entre outros. Nunca freqüentou cursos de artes dramáticas. Foi a primeira atriz a ganhar 2 Oscar com menos de 30 anos de idade. Caçula de 4 irmãos, foi criada pela mãe Brandy (o pai os abandonou antes que ela nascesse). Nos anos 70 um fã tentou matar um presidente americano para chamar sua atenção. Em 2000 teve um filho por produção independente e não revela o nome do pai do menino. Jornais sensacionalistas dizem que ela é homossexual.



Josephine Baker – Atriz nascida no Missouri (EUA) em 03/06/1906, Freda Josephine Mc Donald começou a carreira aos 19 anos em Paris, tornando-se a maior atração dos palcos. Aos 67 anos apresentou-se na Broadway com sucesso. Em 1937 recebeu a “Legião da Honra e a Cruz da Resistência” por seu trabalho durante a guerra. Na Itália foi homenageada com o título de ‘Mamãe Universal’, por ter educado como irmãos 12 crianças de diferentes raças. Foi uma das precursoras dos movimentos de proteção aos animais. Morreu em 1975 aos 69 anos.









Josette Day – Atriz nascida em Paris, França, em 31/07/1914, Josette Dagory começou a carreira no cinema aos 5 anos de idade no cinema. Depois foi para o teatro, trabalhou como dançarina de ópera e aos 30 anos voltou ao cinema atuando em ‘Sangue e Areia’, ‘Final do Acordo’, ‘O Patriota’, entre outros. Chegou a fazer 7 filmes num ano mas abandonou a carreira para cuidar do marido. Morreu em 29/06/1978.









Judy Garland - Atriz e cantora nascida em 10/06/1922 em Minnesota (EUA), Frances Ethel Gumm estreou no cinema estreou em 1939 no filme 'O Mágico de Oz'. Atuou depois em 'Cabaret' (que lhe rendeu um Oscar), 'O Ponteiro da Saudade’, ‘Desfile de Páscoa’, ‘Minha Esperança é Você’, entre outros. Foi casada com o cineasta Vincent Minelli, com quem teve a filha, a atriz Liza Minnelli. Teve problemas com drogas e depressão. Viciada em calmantes, morreu de overdose de remédios em 1969 em Londres. Inspirou o filme ‘Nasce Uma Estrela’.








Júlia Roberts – Atriz nascida na Geórgia (EUA) em 28/10/1967, Júlia Fiona Roberts estreou no cinema em 1988 no filme "Três Mulheres, Três Amores", mas destacou-se em "Uma Linda Mulher", em 1991. Em 2001 recebeu o Oscar de Melhor Atriz por "Erin Brockovich". Considerada sex-symbol, foi eleita pela revista Time a ‘Rainha de Hollywood’ por receber um cachê em torno de 20 milhões de dólares. Em 2004 deu à luz gêmeos.












Kate Lyra – Atriz e comediante nascida em 03/07/1949 em Ray, Arizona (EUA), Katherine Lee Riddell Caughey de Barbosa Lyra ficou famosa no Brasil nos anos 70 ao participar da ‘Praça da Alegria’ pronunciando o bordão: “brasileiro é tão bonzinho”. Atuou nas novelas ‘O Jogo da Vida’, ‘O Dono do Mundo’ e ‘Um Anjo Caiu do Céu’. Produziu os filmes‘O Círculo’ e ‘Bossa Nossa’ e escreveu o livro ‘Estou de Férias. E Daí?’. Ativista feminina, é integrante do Conselho Estadual do Direito da Mulher do Rio de Janeiro. É casada com o compositor Carlos Lyra, com quem tem uma filha. Os dois se conheceram no México quando ela estudava Política da América Latina e Literatura Espanhol.





Katherine Hepburn – Atriz nascida em 08/11/1907 em Connecticut (EUA) filha de um médico e uma sufragista, Katherine Houghton Hepburn começou a carreira no teatro da escola onde estudava. Estreou no cinema em 1932 com o filme 'Vítimas do Divórcio'. Atuou depois em ‘Uma Aventura na África’, ‘A Mulher do Dia’, 'O Marido da Guerreira', 'Sem Amor', entre outros. Foi a única artista a ganhar 4 Oscar e indicada outras 12 vezes, mas nunca compareceu a uma festa da Academia. De temperamento forte, aos 8 anos participou de uma manifestação pelos direitos das mulheres ao lado da mãe. Aos 12, encontrou seu irmão Tom, de 15, enforcado no sótão (ele suicidou-se). Aos 17 anos surpreendeu os colegas de universidade ao deixar-se fotografar nua em seu quarto e usar roupas masculinas. Detestava a vida noturna e não gostava de se arrumar. Tinha mania por limpeza (tomava 5 banhos por dia) e usava álcool para remover a maquiagem. Adorava vermelho e em cada canto da casa tinha um detalhe com essa cor. Seu primeiro casamento foi com um milionário, mas seu grande amor foi o ator Spencer Tracy, com quem viveu um romance por 27 anos até ele morrer em 1967 (Casado, ele a destratava na frente das pessoas). Não teve filhos e morou sozinha num sítio até morrer em 29/06/2003 em Connecticut, aos 96 anos. Em 2004 sua casa foi aberta à visitação pública.




Kim Novak – Atriz nascida em 13/02/1933 em Chicago (EUA), filha de imigrantes poloneses, Marilyn Pauline Novak começou a carreira no cinema ao vencer um concurso de beleza. Atuou nos filmes ‘Melodia Imortal’, ‘Servidão Humana’, ‘A vida Amorosa de Uma Ruiva’, entre outros. Nos anos 50 foi a estrela mais importante de Hollywood considerada a sucessora de Marilyn Monroe. Seu último filme foi 'Liebestraum', em 1991. Aos 39 anos abandonou o cinema para viver sozinha numa fazenda, rodeada de cabras, cavalos e uma cobra africana. Foi casada com Ali Khan e despertou paixões em Frank Sinatra, Cary Grant e Sammy Davis Jr. É casada com o veterinário Robert Malley.





Lana Turner - Atriz nascida em 08/02/1921 em Walace (EUA) Julia Jean Mildred Frances Turner começou a carreira como modelo ao ser descoberta quando tomava refrigerante numa lanchonete de Hollywood. Estreou no cinema em 1937 e atuou em 17 filmes, entre eles ''Somente duas Vezes' e 'Viúva Alegre'. Teve a vida marcada por tragédias. Em 1929 seu pai foi assassinado. Em 1958 um de seus namorados, Johnny Stompanato, foi assassinado com uma facada na barriga por sua filha, Cheryl, de 14 anos, ao presenciar uma briga do casal. Para proteger a menina, na delegacia Lana disse que teria cometido o crime, mas a polícia descobriu a verdade. Casou-se 8 vezes e teve casos amorosos com vários galãs do cinema. Alcoólatra, morreu de câncer na garganta em 25/06/1995. Sua vida é contada em sua autobiografia.



Lauren Bacall – Atriz nascida em 16/09/1924 em Noiva Iorque (EUA) Betty Jean Perske começou a carreira como modelo e foi para o cinema em 1945 após aparecer na capa da revista Harper's Bazaar. Seu primeiro filme foi 'Uma aventura na Martinica'. Atuou depois nos filmes 'À Beira do Abismo', 'Prisioneiro do Passado', 'Paixões sem Freio', entre outros.Foi casada com o ator Humphrey Bogart (ela com 18 e ele com 46 anos). Mas sua grande paixão foi o cantor Frank Sinatra (que gostava da atriz Ava Gardner), com quem namorou depois de ficar viúva. Depois casou-se com Jason Robards. Foi considerada símbolo da esposa feliz, e por causa dos olhos verdes era chamada de 'The Look'. Sua vida é contada em sua autobiografia.




Leila Diniz – Atriz nascida em 25/03/1945 em Niterói (RJ), estreou no teatro nos anos 60. Na TV atuou na novela ‘O Sheik de Agadir’ e no filme ‘Todas as Mulheres do Mundo’. Trabalhou no teatro de rebolado, em novelas e no cinema. Ficou conhecida por quebrar normas estabelecidas. Durante o regime militar, em 1969 foi convidada a dar uma entrevista para “O Pasquim” e acabou dizendo tantos palavrões que o ministro da Justiça da época, Alfredo Buzad, determinou que houvesse censura prévia aos meios de comunicação em nome da moral e dos bons costumes. A medida acabou sendo chamada de “decreto Leila Diniz”. Por causa da entrevista ela teve vários contratos cancelados. Em 1971 apareceu de biquíni grávida na praia de Ipanema, coisa que causou espanto. Foi casada com o cineasta Ruy Guerra com quem teve a filha, Janaína. Morreu aos 27 anos em 14/06/1972 num acidente de avião.



Leilah Assumpção – Autora teatral, ex-manequim e pedagoga nascida em São Paulo em 18/07/1943, Maria de Lourdes Torres de Assumpção escreveu mais 15 peças, entre elas ‘Roda Cor de Roda’, ‘Vejo Um Vulto Na Janela’ e ‘Me Acuda Que Sou Donzela’. Em 1969 ganhou o prêmio APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) e Moliére pela peça teatral ‘Fala Baixo Senão Eu Grito’. É casada com um banqueiro e tem uma filha, Camila, que a incentivou a escrever a peça ‘Fala na Palma da Minha Mão’ sobre as dificuldades de diálogo entre uma mãe e a filha adolescente.







Lélia Abramo – Atriz e jornalista nascida em 08/02/1911 emSão Paulo (SP) filha de um empresário italiano, começou a carreira no teatro nos anos 50. Em 1958 foi premiada por sua atuação na peça “Eles Não Usam Black-tie”. Na TV sua primeira novela foi “A Muralha” na TV Cultura. Foi uma das fundadoras do PT, o Partido dos Trabalhadores. Funcionária de uma fábrica, foi demitida ao alertar os colegas dos baixos salários, fato que se repetiu em 1981 quando ela atuava na novela 'Pai Herói' da TV Globo. Foi presidente do Sindicato dos Artistas. Morreu em 2003 aos 90 anos. Não teve filhos.






Lelita Rosa – Atriz nascida em 19/07/1908 em São Paulo (SP), Maria Rosa Maccari ficou conhecida como a Greta Garbo do Brasil. Seu primeiro papel no cinema foi em ‘Vício e Beleza’, pornô que foi um dos maiores sucessos de bilheteria no Brasil, Argentina e Uruguai. Mas ficou famosa no filme ‘Barro Humano’ em 1929. Atuou ainda em 'Brasa Dormida', 'Flor do Sertão', 'Alô Alô Carnaval'. Em ‘Lábios sem Beijos’, o beijo entre ela e Paulo Moreno causou sensação. Segundo a crítica da época, a atriz tinha “voz lânguida, que parecia sair da alma”.




Leni Riefenstahl – Cineasta, atriz, bailarina, fotógrafa e mergulhadora nascida na Alemanha em 02/08/1902, Bertha Helene Amalie Riefensthal começou a trabalhar aos 20 anos, sempre buscando a perfeição, a criatividade e técnica, que inspirou cineastas do mundo todo. Amiga do ditador Adolf Hitler, ajudou-o a propagar na Alemanha o nazismo com seus documentários ‘Olympia’ (1936)' e ‘Triunfo da Verdade’ (1934), que lhe rendeu três anos de prisão (teve 50 processos contra ela, mas foi absolvida por falta de provas). Também foi apontada como amante do ditador. Após a guerra teve dificuldades para manter-se na profissão. Aos 71 anos produziu imagens submarinas para seu último documentário 'Impressões Debaixo D'água'. Aos 100 anos sofreu um acidente de carro e apenas quebrou duas costelas. Seu marido, 40 anos mais jovem, feriu-se gravemente. Morreu de câncer aos 101 anos em 08/09/2003 em Poecking, sul da Alemanha. Sua vida é contada num documentário feito em 1993 pela GNT 'Leni Rofensthal: a deusa imperfeita', na auto-biografia 'Cinco Vidas' e no livro 'A Sedução do Talento'.






Lia Aguiar – Atriz nascida em Taubaté (SP) em 30/04/1927, Lia Borges de Aguiar começou a carreira nos anos 50, sendo a primeira entrevistadora brasileira (participou do show que inaugurou a TV brasileira, ao lado de Hebe Camargo, Lolita Rodrigues e Lima Duarte). Depois atuou em novelas como ‘Éramos Seis’, ‘Dinheiro Vivo’ e ‘O Direito de Nascer'. Em 1970 ganhou o prêmio ‘Helena Silveira’ por sua participação na trama ‘Os Deuses Estão Mortos’. Casada, teve 2 filhos. Morreu em 08/06/2000 aos 73 anos de parada cardíaca em Piedade (SP).





Lídia Brondi – Atriz nascida em 29/10/1960 em Ribeirão Preto (SP) filha de um pastor, Lídia Brondi Resende começou a carreira em 1975 na novela 'O Grito' e no seriado 'Márcia e seus problemas'. Atuou depois nas novelas ‘Dancing Days', ‘Vale Tudo’, ‘Baila Comigo’, entre outras e nos filmes 'Perdoa-me Por Me Traíres', 'O Beijo no Asfalto', 'Rádio Pirata'. Foi casada com o diretor de TV Ricardo Waddington, com quem teve a filha Isadora. É casada com o ator Cássio Gabus Mendes. Em 1992 abandonou a vida artística aos 31 anos, para viver no anonimato.



Lila Lee – Atriz nascida em 02/07/1901 em Nova Jersey (EUA), Lee de Lila atuou nos filmes ‘Coração Quebrado’, ‘Pérola Negra’, ‘Jovem Fascinante’, entre outros. Foi casada 3 vezes. Morreu em 13/11/1973.












Lílian Hellman – Dramaturga e roteirista nascida em 20/06/1905 em Nova Orleans (EUA), Lillian Florence Hellmant trabalhou no jornal New York Herald Tribune, como editora de revisão de livros, até 1930. No mesmo ano começou a trabalhar como roteirista, em Hollywood. seu nome foi colocado sob suspeita de atividades antiamericanas pelo Macartismo. Crítica de costumes, escreveu as peças: ‘Calúnia’, ‘Infâmia’, ‘Caçada Humana’, ‘Horas de Tormenta’, que foram adaptados para o cinema. Morreu em 30/06/1984.







Lilian Gish - Atriz nascida em 14/10/1897 em Nova Iorque (EUA), foi descoberta em 1917 quando já tinha 10 anos de carreira teatral. Sempre participou dos roteiros e da direção. Atuou em 'Intolerância', 'O Nascimento de Uma Nação', 'O Lírio Partido', entre outros. Seu último filme foi 'As Baleias de Agosto', aos 90 anos. Em 1922 foi para a Europa, onde dirigiu 2 filmes. Ao voltar, assinou um contrato com a MGM para supervisionar a produção dos filmes em que atuaria, além de aprovar roteiros e testes de atores. Passou os últimos anos da vida recolhendo fundos para restauração e preservação de cine-jornais. Em 1984 foi homenageada pelo American Institute em Washington, cerimônia que teve a participação do presidente Ronald Reagan. Morreu em 23/02/1993.



Ligia Rinelli – Atriz, dubladora e ex-vedete nascida em 05/02/1939 em São Paulo (SP), estreou na Boate Freds ao lado de Norma Bengell nos shows de Carlos Machado. Atuou nas novelas ‘Jogo da Vida’, ‘Guerra dos Sexos’, ‘Plumas e Paetês’. Foi embaixatriz do teatro brasileiro na Europa, fez sucesso na TV e dublou Cláudia Cardinale, Susan Hayward e Carmem Miranda. Atualmente escreve um livro sobre a Casa dos Artistas, onde vive.





Linda Darnell - Atriz nascida em 16/10/1921 no Dallas, Texas (EUA), Linda Manette Eloyse Darnell atuou em "A Marca do Zorro", "Buffalo bill", etc. Morreu em 04/10/1964 em Illinois (EUA) num incêndio, ao tentar salvar a filha de uma amiga.










Lola Montez - Atriz nascida na Irlanda em 17/02/1821, Elizabeth Rosanna Gilbert começou a carreira como dançarina, apesar de não dançar muito. Na verdade, conseguiu participar de algumas produções, graças aos amantes. Para entrar nas cortes européias, chegou a dormir com jornalistas e músicos famosos. Chegou a reinar na Bavária quando viveu com o rei Ludwig I, que teve de abdicar do trono por causa disso. Depois abriu um bordel de luxo na Califórnia. Aos 40 anos tentou atuar em prol da igualdade das mulheres, mas foi impedida pela esquizofrenia. Morreu na miséria.







Loretta Young – Atriz nascida em 06/01/1913 em Utah (EUA), Gretchen Young estreou aos 4 anos no cinema mudo. Atuou em mais de 100 filmes, entre eles ‘Ri, Palhaço, Ri’, ‘O Castelo do Homem Sem Alma’. Em 1947 ganhou o Oscar por sua atuação em ‘Ambiciosa’. Casou-se duas vezes e teve um filho. Na velhice abandonou o cinema para ser presidente de uma grande firma de cosméticos, em que era a garota propaganda dos produtos. Morreu aos 87 anos de câncer no ovário, em 12/08/2000.








Louise Brooks – Atriz nascida no Kansas (EUA) em 14/11/1906, Mary Louise Brooks começou a carreira como dançarina aos 10 anos. Aos 15 anos, envolveu-se com sexo e drogas. Criou o estilo da garota travessa, frágil e decadente. Virou símbolo sexual no filme 'A Caixa de Pandora'. Seu estilo foi imitado por Liza Minelli, Uma Thurman e Madonna. Tornou-se ícone do jazz nos anos 20. Participou de 24 filmes, entre 1925 e 1938. De personalidade forte, exigiu que os diretores colocassem seus nome nos créditos dos filmes, coisa ainda pouco usada em Hollywood. Em 1928, deixou os estúdios Paramount, porque não conseguiu aumento salarial. Abandonada pelos estúdios, trabalhou com várias coisas, entre elas, como vendedora da loja Sak's Fifth Avenue. Também escreveu o livro 'Lulu in Hollywood', que tornou-se um best seller. Seu corte de cabelo liso e curto, virou moda nos anos 20. Foi casada com Deering Davis e A. Edward Sutherland. Morreu em 08/08/1985 de ataque cardíaco, após anos sofrendo com uma artrite.





Lucélia Santos – Atriz nascida em 20/05/1957 em Santo André (SP), Maria Lucélia dos Santos começou no teatro em 1972. Na TV estreou em 1977 na novela ‘Escrava Isaura’ na Globo. Em seguida fez ‘Locomotivas’, ‘Água Viva’, ‘Carmem’, ‘Cortina de Vidro’ e ‘Malhação’. Foi casada com o maestro Luís Niechilieng, com quem teve o filho, Pedro, que também é ator. Namorou o ator Raul Gazola.








Lucille Ball – Atriz nascida em 06/08/1911 em Nova Iorque (EUA), Lucille Desirée Ball começou a carreira nos anos 40. Em 1951 estreou no seriado americano ‘I Love Lucy’ ao lado do marido, o cubano Desi Arnaz. Na pele do casal Rick Ricardo e Lucy, os dois revolucionaram o show biz ao gravar os programas em película ao vivo com platéia e três câmeras simultâneas. Tornou-se uma das atrizes mais famosas da TV. Foi uma das precursoras do feminismo por trabalhar mesmo grávida no vídeo. Teve dois filhos, Junior e Lucie. Morreu aos 79 anos em 26/04/1989.






Lucille Lortel – Atriz e produtora nascida em 16/12/1900 nos Estados Unidos, começou a carreira nos anos 70, ficando conhecida como “a rainha do teatro independente” da Broadway. Participou da produção de mais de 500 peças, mas ficou famosa em 1990. Morreu aos 98 anos, de causas não reveladas em 04/04/1999.









Lu Marival – Atriz brasileira nascida em 13/12/1913 em São Paulo (SP), Lúcia Lima Albuquerque começou a carreira nos anos 30 no Rio de Janeiro depois de voltar da Europa. Atuou nos filmes ‘Ganga Bruta’ 'Bombonzinho', 'O Brasileiro João de Souza', 'Samba da Vida' e A Voz do Carnaval' sendo elogiada por jornais brasileiros e estrangeiros. Ficou conhecida como “a mais formosa das atrizes brasileiras”.





Luz Del Fuego – Atriz e vedete nascida em 21/02/1917 em Cahoeirinho do Itapemirim (*ES), Dora Vivácqua começou a carreira num circo em 1944 quando adotou o nome de Luz Divina. Depois trocou por Luz Del Fuego (o nome foi tirado de um batom usado por Carmen Miranda). Abalou a sociedade com suas idéias inovadoras. Aos 15 anos, quando o pai foi assassinado, foi morar no Rio de Janeiro com 14 irmãos sob a tutela de um deles, Atílio, que se tornou político. Ao aparecer na fazenda de um irmão vestida de Eva com apenas 3 folhas de parreira, foi internada numa clínica psiquiátrica. Em 1950 fundou com um grupo de amigos o primeiro partido naturalista brasileiro na Ilha do Sol e enfrentou os preconceitos da época. O local tornou-se famoso no mundo todo e chegou a ser visitado por artistas como Errol Flyn e Ava Gardner. Fazia show com obras em circos, onde apresentava-se quase nua numa sensual performance. Escreveu os livros 'Trágico Black-out', e 'Verdade Nua' (que foi apreendido por falar de naturismo). Foi morta a machadadas, em 1967.





Lupe Vélez - Atriz e dançarina nascida no San Luiz Potosí, México em 18/07/1908, Maria Guadalupe Villalobos Vélez era filha de um oficial do exército e de uma cantora de ópera. Seu pai não a deixou usar o sobrenome dele (Villalobos) na carreira artítica. Fez carreira nos Estados Unidos, e   começou a atuar no cinema em 1924, tendo sido protagonista de vários filmes. Em 1928 foi nomeada pela Associação de Anunciantes de Cinema do Oeste como uma das atrizes mais promissoras do cinema. Dez anos depois voltou para o México, onde participou de filmes que também fizeram sucesso. Foi casada por cinco anos com o ator Johnny Weissmulher (intérprete de Tarzan). Com temperamento forte, estudou num colégio de freiras na adolescência e antes de ser famosa trabalhou como vendedora no Texas (Estados Unidos). Sua vida particular sempre foi alvo de especulações. Namorou os atores Gary Cooper, Charles Chaplin, Errol Flynn e John Gilbert e Harald Maresch, de quem engravidou.  Suicidou-se, tomando remédios, em 13/12/1944, aos 36 anos, ao saber que estava grávida. Há especulações de que ela teria se afogado no vaso sanitário da casa onde morava. Ela foi enterrada no México, e tem uma estrela na Calçada da Fama, em Hollywood. Sua vida é contada no filme "Lupe". Entre os filmes que atuou, estão "Lady of the Pavements", "High Flyers" e "The Girl from Mexico".






Mae West - Atriz e comediante nascida em 17/08/1893 em Nova Iorque (USA) filha de um lutador e de uma modelo, Mary Jane West estreou na Broadway em 1926 com a peça 'Sex' que escreveu, dirigiu e atuou. Após a estréia, foi presa e ficou 10 dias na cadeia. No cinema atuou em 12 filmes, entre eles 'Santa Não Sou', 'Homem e Mulher até certo Ponto', 'Uma Dama do Outro Mundo',entre outros'. Louca por sexo, gostava de usar frases sensuais e utilizava em sua mansão criados-mudos com pés em forma de pênis. Mas há suspeitas de que teria morrido virgem. As taças de bebidas foram inspiradas em seus seios. Acredita-se também que a garrafa de Coca-cola teria sido inspirada em suas curvas. Morreu em 22/11/1980.




Marga López – Atriz nascida em 21/06/1924 em San Miguel, Argentina, Catalina Margarita López Ramos atuou por 70 anos no cinema em filmes como ‘Salón México’ e ‘Soledad’ e em séries de TV como ‘O Privilégio de Amar’ e ‘Laços de Amor'. Foi para o México ainda adolescente. Casou-se duas vezes, sendo uma delas com o empresário Carlos Amador. Teve dois filhos, Manuel e Carlos Martínez. Morreu aos 81 anos de problemas cardíacos em 05/07/2005.








Maria Caetano - Atriz brasileira nascida em 1922 filha do ator Renato Vianna, Maria Antonieta adotou o sobrenome artístico em homenagem ao teatrólogo João Caetano. Estreou nos palcos aos 14 anos. Foi muito elogiada pela interpretação nas peças, mas fora da companhia do pai não fez sucesso e após a morte dele em 1947, abandonou a profissão. Comprou uma fazenda em Goiânia e mudou-se para lá. Foi casada com o ator Leone de Vasconcelos. Morreu de câncer em 1974, aos 52 anos.



Maria Cláudia – Atriz nascida em 09/10/1949 no Rio de Janeiro (RJ), começou a trabalhar na TV em 1969 na novela ‘Verão Vermelho’, ao voltar dos Estados Unidos. Também foi apresentadora do “Telejornal Pirelli”, na Tupi ao lado de Cid Moreira e de programas como “Festival Internacional da Canção” e “Alô Brasil, Aquele Abraço”. Atuou em 14 novelas consecutivas na Globo, entre elas “O Rebu”, 'O Bem Amado' e “Te Contei” (na época seu corte de cabelo curto foi imitado pelas mulheres). Nos anos 80 parou de trabalhar para fazer um tratamento contra um câncer na garganta. É casada com o jornalista Carlos Maciel. Não tem filhos.






Maria Félix – Atriz nascida em 08/04/1919 em Solona, México atuou em 47 filmes e foi uma das divas do cinema mundial. Participou de produções espanholas e francesas, mas recusou convites para trabalhar em Hollywood. Tornou-se célebre pela beleza e pelas interpretações de heroínas. Em 1943 casou-se com o compositor de bolero Agustín Lara. Viveu um triângulo amoroso com o muralista Diogo Rivera e a mulher dele, a pintora Frida Kahlo. Morreu em 08/04/2002, aos 88 anos, supostamente vítima de parada cardíaca, na Cidade do México. A família pediu a exumação do corpo por suspeitar que ela possa ter morrido envenenada. O que levantou suspeitas foi o fato de ela ter deixado todos os bens para um jovem assistente, Luis Martinez de Anda.





Maria Clara Machado – Teatróloga nascida em Belo Horizonte (MG) em 03/04/1921, filha do escritor Aníbal Machado, fundou em 1952 o grupo experimental ‘O Tablado’ no Rio de Janeiro. Escreveu diversas peças infantis, entre elas ‘O Rapto das Cebolinhas’, ‘Pluft, o Fantasminha’, ‘O Boi' e ‘O Cavalinho Azul’. Morreu em 30/04 2001 de leucemia.









Maria Della Costa - Atriz e modelo nascida em 01/01/1926, Flores da Cunha (RS)começou a carreira ao ser descoberta por um fotógrafo aos 17 anos, quando andava pela Rua da Praia, em Porto Alegre. Estreou no teatro em 1965 e de novelas da TV Globo. Foi casada com o cineasta Fernando de Barros e com Sandro Polloni, que morreu em 1995. Teve infância difícil e passou fome. Nos anos 60 teve problemas com a censura e foi interrogada no DOPS, polícia repressiva. Atualmente dirige o hotel O Coxixo, em Paraty (RJ). Em 2005 foi homenageada numa exposição de fotografias em São Paulo.







Maria Jacintha - Jornalista, dramaturga e animadora cultural nascida em 1910 em Niterói (RJ), Maria Jacinta Trovão da Costa Campos foi também professora de francês e tradutora. Suas peças davam enfoque à emancipação feminina. Foi diretora artística do teatro do Estudante do Brasil e sua peça 'Convite à Vida' foi encenada durante a partida da FEB (Força Expedicionária Brasileira) para a Itália. Morreu em 1994.







Marieta Severo – Atriz e professora nascida em 02/11/1946 no Rio de Janeiro (RJ) Marieta da Paixão Severo da Costa começou a carreira nos anos 60 no teatro. Foi para a TV nos anos 70, onde participou de novelas como 'O Sheik de Agadir'. Foi premiada várias vezes por sua atuação em filmes como ‘O Homem da Capa Preta’, ‘Sonho sem Fim’ e ‘Com Licenca, eu Vou a Luta’. No final da década parou de trabalhar para acompanhar o ex-marido, o compositor Chico Buarque no exílio em Londres (em 1995 os dois se separaram). Quando estavam juntos, ela se recusava a ser fotografada ao lado do marido para evitar que confundissem sua competência com o sucesso dele. Tem três filhas, Helena, Luíza e Sílvia, que também é atriz.




Marlene Dietrich – Atriz nascida em 27/12/1901 em Berlim, Alemanha, Marie Magdalene von Losch começou a carreira nos anos 30, atuando em mais de 30 filmes, entre eles ‘Marrocos’, ‘A Vênus Loira’, ‘O Expresso de Xangai’, ‘O Diabo Feito Mulher’ e ‘O Anjo Azul’. Nas décadas de 30 e 40 passou a atuar como cantora fazendo apenas algumas aparições no cinema antes de abandonar a vida artística. Quando o Partido Nazista alemão começou com sua ascenção na Alemanha, em 1933, ela posicionou-se contra a política nacionalista e racista de Hitler e fugiu para os Estados Unidos com seu descobridor Josef Von Semberg. Morreu em 06/05/1992 em Paris aos 90 anos. Dizia-se que Marlene podia derreter um homem com um simples levantar de sobrancelhas e destruir uma rival com apenas um olhar. Sua biografia foi contada pela filha, Maria Riva, que a mostra como uma mulher fria e violenta. Recentemente foram encontradas cartas da atriz endereçadas a um ex-namorado, o padeiro Wully Michel. As cartas foram leiloadas em 2000. Suas pernas foram consideradas as mais lindas do mundo.




Marília Pêra – atriz nascida no Rio de Janeiro (RJ) em 22/01/1943, filha dos artistas Abel Pêra e Dinorah Marzullo, começou a carreira no teatro aos 4 anos de idade. Atuou em vários filmes e novelas, entre elas ‘Brega e Chique’, “Super Manoela”, “Lua Cheia de Amor” e o seriado “Quem Ama Não Mata”. Em 1982 ganhou o prêmio de melhor atriz da Sociedade dos Críticos de Cinema de Nova Iorque pelo filme “Pixote”. Estudou piano, harpa, balé, canto e teatro. Foi casada com o músico Nélson Mota e o produtor musical Guto Graça Melo. É casada com um homem 15 anos mais jovem. Tem 3 filhos.






Marilyn Monroe – atriz e ex-modelo nascida em 01/06/1926 em Los Angeles (EUA), Norma Jean Baker Mortenson começou a carreira nos anos 60, após aparecer num jornalzinho da fábrica de pára-quedas, onde trabalhava. Atuou em ‘Quanto Mais Quente Melhor’, ‘O Pecado Mora ao Lado’ e ‘Nunca Fui Santa’. Sua vida foi marcada por tristezas: com a loucura da mãe foi levada para um orfanato e depois para uma família adotiva. Aos 15 anos casou-se com um vizinho e logo separou-se. Casou mais duas vezes e teve vários romances, entre eles com o ator Ives Montand e os irmãos Kennedy. Sua vontade era ser mãe, mas sofreu dois abortos espontâneos. Ficou famosa mais pela beleza do que pela atuação.



Marion Davies – Atriz nascida em 03/01/1897 em Nova Iorque (EUA), atuou em filmes como ‘Cidadão Kane’, ‘The Patsy’ e ‘Operator’. Foi amante do milionário da imprensa William Randolf Hearst e quando ele ficou na miséria, devolveu-lhe as jóias que ganhou. Apesar de se dar melhor em papelões, Hearst usou a Cosmopolitan Pictures para colocá-la em papéis dramáticos. A Warner a escalou para papéis medíocres que nada fizeram por sua carreira. Morreu de câncer em 22/09/1961.









Mary Astor – Atriz nascida nos Estados Unidos, em 03/05/1906, sua carreira começou graças a um escândalo: em 1924, enquanto atuava no filme ‘Beau Brummel’, ela envolveu-se com o astro John Barrymore, que era casado e tinha 42 anos (ela tinha 18). Em 1941 recebeu um Oscar por ‘A Grande Mentira’. Seu primeiro marido morreu num acidente de avião. O segundo marido, para ficar com a filha deles, apresentou no julgamento o diário da mulher, em que ela contava seus casos extraconjugais. Deprimida, tornou-se alcoólatra e tentou o suicídio. Morreu em 25/09/1987, aos 81 anos.





Mary Pickford - Atriz nascida em 08/04/1892 em Toronto, Canadá, Gladys Mary Gladis Smith começou a trabalhar aos 8 anos quando perdeu o pai. Na adolescência conseguiu trabalho na Broadway ao sensibilizar os diretores dizendo que era 'o homem da casa'. Estreou no cinema em 1908, atuando em filmes como 'Mrs Entertains' e 'El Pequeno Lord'. Em 1929 ganhou o Oscar de melhor atriz por 'Coquete'. Em 1935, aos 26 anos criou a United Artist junto com os atores Charles Chaplin e Douglas Fairbanks, seu segundo marido (a produtora foi vendida em 1953). Seu primeiro marido foi o ator e diretor Owen Moore com quem viveu até 1911. Em 1975 ganhou um Oscar por sua contribuição ao cinema americano. Aposentou-se aos 40 anos. Foi a primeira mulher a ganhar dinheiro no cinema e a ter o nome anunciado em cartazes de filmes. Morreu em 29/04/1979. Sua vida é contada no livro 'Luz do Sol e Sombra'.




Maryl Streep – Atriz nascida no dia 22/06/1949 em Summit, New Jerrsey (EUA), Mary Louise Streep estreou no teatro nos anos 60. Foi para o cinema nos anos 70, onde ganhou vários prêmios por filmes como ‘Manhattan’, ‘A Sedução de Joe Tynan’ e ‘Kramer x Kramer'. Em 1978 conseguiu fama internacional por sua atuação em ‘Holocausto’ que lhe valeu um Emmy como melhor atriz e TV. Na infância foi cantora e campeã de natação. É casada com o escultor Donal Gummer e tem 4 filhos do primeiro casamento.







Mia Farrow – Atriz nascida em Los Angeles (EUA) em 09/02/1945, Maria de Lourdes Villiers Farrow começou a carreira no cinema nos anos 70 no filme ‘O Bebê de Rosemary’. Foi a primeira atriz americana a ser aceita como membro da prestigiada Royal Shakespeare Company, sediada em Londres.Foi casada 3 vezes: com o cantor Frank Sinatra, o regente de orquestra André Previn e com o diretor de cinema Wood Allen (em 1992 ela o acusou de molestar seus filhos e namorar sua filha mais velha, Soon-Yi). Tem 9 filhos, sendo 9 adotados.







Moufida Tlatli – Cineasta nascida na Tunísia, é responsável por importantes filmes árabes de 1970 e 1990. Em 1993 dirigiu ‘Os Silêncios do Palácio’, filme selecionado para a quinzena dos realizados de Cannes de 1994 e recebeu uma Menção Especial para o prêmio “Câmera de Ouro”. Seu último filme foi ‘Tempo de Espera’, de 2001, onde conta o drama das mulheres que nascem na Tunísia.









Nádia Maria – Comediante nascida em 07/10/1931 no Recife (PE), começou a carreira ao entrar para o elenco de rádio-teatro da Rádio Guanabara, no Rio de Janeiro, em 1948. Estreou no cinema em 1951 com o filme 'O Primo do Cangaceiro'. Fez sucesso em humorísticos das TVs Tupi e Globo. Morreu aos 68 anos, de câncer no cérebro, em Itaipava (RJ), em 16/02/2000.










Natalie Wood - Atriz nascida em 20/07/1938 em San Francisco (EUA), Natascha Gurdin estreou no cinema em 1947, atuando em filmes como ‘Centauros do Deserto’, Esplendor da Erva' e 'Vida da Minha Vida'. Foi casada com o ator Robert Wagner, com quem teve uma filha. Ele, que a teria traído com um homem, é acusado de ser o principal suspeito da morte dela por afogamento em 29/11/1981. O casal teria discutido durante uma viagem de navio. O crime não foi esclarecido.







Neide Aparecida – Comediante, atriz e apresentadora nascida em São Paulo (SP) em 1937, ganhou vários prêmios pela beleza e competência. Atuou também como humorista e garota-propaganda em comerciais. Foi a musa de Chico Anysio, que a imitava como Neide Taubaté. Atualmente trabalha como promoter em Teresópolis (RJ) e desde 1997 apresenta um programa na TV CNT.








Nélia Paula – Atriz do teatro de revista nos anos 50 e 60, nascida em 26/10/1930, causava furor ao mostrar as pernas. No monólogo ‘Carro de Praça’, soltou um palavrão e causou espanto na platéia. Na TV atuou em novela ‘Roque Santeiro’, em 1985. Sem trabalho, passou a viver na Casa dos Artistas até morrer de infarto em 08/09/2002 no Rio de Janeiro.










Neuza Borges - Atriz nascida no Rio de Janeiro (RJ), começou a carreira como cantora nos anos 60. Na TV estreou nos anos 70 atuando em novelas como A Indomada', 'Dancing Days, 'O Clone' e 'América', mas nunca foi protagonista. Seu salário é mais baixo do que outras atrizes, anda de metrô e já chegou a ir à emissoras de TV pedir emprego. Foi casada 7 vezes e tem 3 filhas.





Nicete Bruno – Atriz nascida em 07/01/1933, Rio de Janeiro (RJ), Nicete Xavier Miessa estreou no teatro em 1947 com a peça ‘A filha de Iório’, pelo qual ganhou o prêmio de atriz revelação da Associação Brasileira de Críticos Teatrais (ABCT). Em 1952 formou sua própria companhia e inaugurou o Teatro de Alumínio, depois vendido à Prefeitura de São Paulo. Na TV, atuou em novelas como ‘Éramos seis’, ‘Sétimo sentido’, ‘Louco amor’, a minissérie Labirinto e o infantil ‘Sítio do Pica-pau-amarelo’. É casada com o ator Paulo Goulart, com quem tem 3 filhos, todos atores.







Nico – Atriz e modelo alemã nascida em 16/10/1938, Christa Päffgen começou a carreira nos anos 60. Ficou famosa no filme 'The Doors' ao fazer sexo oral em Jim Morrison num elevador. Teve um caso com o ator Alain Delon, com quem teve um filho. Foi estrela do artista pop, Andy Warhol, e gravou com ele a música 'Femme Fatale'. Ficou famosa por canções de fossa. Foi viciada em drogas. Fascinou David Bowie, que nos anos 70 fez para ela a música 'Heroes'. Morreu em 18/07/1988 aos 50 anos em 1988, na ilha de Ibiza, após uma queda de bicicleta.






Nita Ney – Atriz nascida em Paris, França, em 08/11/1908 filha de brasileiros, Annita Strada começou a carreira como dançarina. Estreou no cinema como figurante no filme ‘O Dever de Amar’ em 1924. Depois atuou em ‘Brasa Dormida’ e ‘Sangue Mineiro’. Veio para o Brasil ainda criança.









Nora Ephron – Escritora e roteirista nascida em 19/05/1941 em Nova Iorque (EUA), criou a comédia romântica moderna. Escreveu o roteiro dos filmes “Harry e Saly”, “Feitos um para o Outro”, “Mensagem para Você” e “Sintonia de Amor”, que também dirigiu. Antes de entrar para o cinema, foi casada com o jornalista Carl Bernstein, que se envolveu no escândalo Watergate. Os dois se separaram quando ela descobriu que ele tinha uma amante.









Norma Bengell – atriz, cineasta, compositora e cantora nascida em 21/09/1935 no Rio de Janeiro (RJ), Norma Aparecida Almeida Pinto Guimarães Bengell estreou no cinema imitando Brigitte Bardot. Seu filme mais famoso foi ‘Os Cafajestes,’ em que aparece nua ao lado de Jece Valadão. Atuou ainda em ‘O Pagador de Promessas’ e ‘A Idade da Terra' e ‘Pagu’. Atualmente está sendo investigada pelo governo por suposto desvio de verba para o filme ‘O Guarani’. Não teve filhos, mas fez 16 abortos. Namorou com os atores Alain Delon, Gabrieli Tinti, e Roberto Bataglin (ela com 50 anos e ele, 22). Chegou a ter um caso amoroso com uma mulher, só para saber como era. Em 1975 entrou em coma por overdose de remédio.





Odete Lara – Atriz nascida em 17/04/1929 em São Paulo (SP), Odete Righi estreou no cinema nos anos 60 atuando em filmes como ‘Noite Vazia’, onde escandalizou ao fazer cenas de sexo com a atriz Norma Bengell. Causou pânico também ao tirar a roupa para a revista ‘Fairplay’ em 1969. Aos 50 anos, em 1975, abandonou a carreira para se conhecer melhor. Escreveu os livros ‘Meus Passos em Busca da Paz’ e ‘Minha Jornada Interior’. Nos anos 90 atuou nas novelas ‘O Dono do Mundo’ e ‘Pátria Minha’. Mora num sítio no Rio de Janeiro e vive da tradução de livros.







Olivia de Havilland - Atriz nascida em 01/07/1916, em Tóquio, Japão, irmã de Joan Fontaine, Olivia Mary Havilland começou a carreira em 1935 no filme 'Sonho de Uma Noite de Verão'. Mas seu grande sucesso foi no filme 'E O Vento Levou' em 1939, pelo qual foi indicada ao Oscar. Atuou depois nos filmes 'As aventuras de Robin Hood', 'Uma Cidade que Surge', 'Meu Reino por um Amor', entre outros. Em 1946 foi indicada novamente ao Oscar por 'Só Resta Uma Lágrima' e em 1948 por 'The Snake Pit'. Foi premiada por 'Tarde Demais' em 1949. Trocou os filmes pela Broadway, ao brigar com a Warner por se recusar a fazer papéis agressivos (o processo na Justiça levou 3 anos).




Olivia Newton-John - Atriz e cantora nascida em Cambridge, Inglaterra em 26/09/1948, criada na Austrália, Neta do físico Marx Born, começou a cantar na adolescência. Recebeu vários prêmios. Seu grande sucesso no cinema foi “Grease – Nos Tempos da Brilhantina”. Nos anos 80 atuou no filme Xanadu e excursionou pelo mundo com seu show 'Phisicall'. Nos anos 90 curou-se de um câncer no seio. Foi casada duas vezes. Tem uma filha.









Penélope Cruz – Atriz nascida em Alcobendas, Madri, na Espanha em 28/04/1975, Penélope Cruz Sanchéz ficou famosa em 2006 no filme “Volver”, de Pedro Almodóvar, que lhe deu a primeira indicação ao Oscar. Mas só ganhou a estatueta em 2008 com o filme “Vicky Cristina Barcelona”, de Woody Allen. Antes de ser atriz foi bailarina até os nove anos e decidiu ser atriz ao ver o filme “Áta-me”, mas foi reprovada em vários testes por ser muito nova. Estreou na carreira em 1989, ao ser aprovada na frente de 300 candidatas para um filme. É casada com Javier Bardem mas ficou conhecida pelo namoro com o ator Tom Cruise, após a separação dele da atriz Nicole Kidman.





Pola Negri - Atriz nascida na Polônia em 31/12/1894, Barbara Apollonia Chalupiec fez sucesso no cinema dos anos 30 em papéis de vampira no cinema mudo alemão. Quando os filmes passaram a ser sonorizados, ela teve que aprender a falar sem sotaque alemão. Teve um romance com Rodolfo Valentino e com o cineasta Charles Chaplin (o caso foi alimentado pelas revistas da época). tornou-se a primeira atriz européia a ser levada para a América, tendo recebido uma consideração especial da Paramount, que gastou uma fortuna para promovê-la. casou-se com um conde, com um príncipe, além de três plebeus. Morreu de pneumonia em 01/08/1987, aos 90 anos.








Patrícia Travassos – Atriz e roteirista nascida no Rio de Janeiro (RJ), em 01/05/1955, Patrícia de Resende Travassos começou a carreira nos anos 70 no teatro. Na TV estreou nos anos 80 em novelas como ‘A Próxima Vítima’, ‘As Filhas da Mãe’ e ‘Vamp’. Fez roteiros para os programas “TV Pirata” e “Armação Ilimitada”, da Globo e músicas para o conjunto musical Blitz. Atualmente apresenta o programa 'Alternativa Saúde', na GNT, e escreve para a revista Marie Claire. Foi casada com o cantor Evandro Mesquita. Casada com um empresário, tem um filho, Nicolau.




Raquel Welch – Atriz nascida em 05/09/1940 em Chicago (EUA), Jo Raquel Tejada estreou no cinema nos anos 60 em filmes como 'Família Americana', 'Central Park West', e 'Animal L’. Símbolo sexual nos anos 60 e 70 casou-se 4 vezes e tem um casal de filhos. É parente da ex-presidenta da Bolívia, Lidia Gueiler Tejada.











Regina Duarte – Atriz nascida em 05/02/1947, Franca (SP), Regina Blois Duarte estreou na TV nos anos 60, após aparecer num comercial de geladeira. Fez mais de 20 novelas, entre elas “Nina”, “Por Amor” e “Sétimo Sentido”, e o seriado “Malu Mulher”. Pelos personagens românticos, ficou conhecida como a Namoradinha do Brasil. Casou-se 3 vezes e tem 3 filhos, entre eles a atriz Gabriela Duarte.









Rita Hayworth – Atriz nascida em Nova Iorque (EUA) em 17/10/1918, filha de pai espanhol e mãe irlandesa, Marguerita Carmem Casino estreou no palco aos 10 anos. Aos 17 fazia pequenos papéis como bailarina ao lado de Fred Astaire e Gene Kelly, mas seu maior sucesso foi no filme ' Gilda' em 1946. Para ficar mais bonita extraiu dois dentes molares, pintou os cabelos pretos de vermelho, mudou as sobrancelhas e a pintura da boca. Seu cabelo foi imitado e causou protestos de religiosos fanáticos “por contribuir para o pecado”. No Brasil, em 1947, Francisco Alves gravou a música ‘Amado Mio’, em sua homenagem. Foi parodiada na chanchada 'Este mundo é um pandeiro', com Oscarito. Encerrou sua carreira em 1972. Teve muitos amores como o príncipe Ali Khan, com quem teve a filha Yasmin, e o ator Orson Welles. Foi casada ainda com Dick Haymes e James Hill.Viciada em álcool, morreu aos 68 nos em 1982 vítima do mal de Alzheimer.




Romy Schneider - Atriz nascida em 23/08/1938 na Áustria, Rosemarie Magdalena Albach-Retty começou a carreira aos 15 anos atuando em filmes como 'Bocacce 70', 'Sissi, a Imperatriz' e 'Kátia. Recebeu 2 César (Oscar francês). Sua vida foi marcada por tragédias. No início da carreira teve um romance com o ator Alain Delon, que a trocou por outra. Em 1964 casou-se com o realizador Harry Mayen com quem teve o filho, David, que as 14 anos morreu fincado na lança da grade onde morava. Na separação o ex-marido pediu metade da fortuna dela, mas suicidou-se 5 anos depois. Em 1977 casou-se com o seu secretário Daniel Biasini, com quem teve a filha Sara. Deprimida e viciada em remédios, morreu em 28/05/1982 em Boissy-Sans-Avon, aos 43 anos, ao lado do terceiro marido. Em 1995 a França a homenageou ao fazer uma moeda de ouro de cem francos com o seu rosto.




Roseanne Barr - atriz nascida nos Estados Unidos, começou a carreira nos anos 70 e ficou milionária com seu seriado cômico na TV. Sua vida teria sido difícil. Aos 16 anos tentou o suicídio. Seu primeiro marido, Bill Pentland, era alcoólatra e o segundo, Tom Arnold, a espancava. É casada com Ben Thomas, que foi seu guarda-costas.








Ruth Escobar – Atriz, produtora e deputada nascida em Portugal em 1936, chegou ao Brasil nos anos 50. Nos anos 60 causou frisson no Rio de Janeiro com as montagens das peças de teatro ‘Roda Vida’ e ‘O Balcão’. Nos anos 70 brigou com a ditadura, teve o passaporte caçado e foi impedida de sair do país. Nos anos 80 entrou para a política como deputada federal e foi expulsa do PMDB, criando fama de festeira e corrupta. Atualmente vive entre os Estados Unidos e São Paulo. Escreveu sua autobiografia ‘Maria Ruth’. Casou-se 5 vezes e tem 5 filhos.






Ruth de Souza – Atriz nascida no Rio de Janeiro (RJ) em 12/05/1921, filha de uma dona-de-casa, começou a carreira aos 17 anos no teatro Experimental do Negro. Estudou arte dramática em Karamuru House, em Nova Iorque, após ganhar uma bolsa de estudos. Atuou em mais de 30 filmes, 20 peças teatrais e várias novelas. Com o filme “Sinhá Moça” concorreu com Katherine Hepburn ao prêmio de melhor atriz em Veneza em 1954. Trabalhou no seriado “Memorial de Maria Moura”, no filme “O Homem Nu”, nas novelas “Senhora” e 'O Clone'. Em 1988 foi condecorada com a Ordem do Rio Branco por sua contribuição ao cenário artístico brasileiro. Foi a primeira negra a atuar no palco do teatro Municipal do Rio de Janeiro. Viveu a infância em Minas Gerais. Aprendeu a ler e a escrever com a mãe, Alaíde. Antes de ser famosa, foi enfermeira e caixa. Em 2005 lançou sua auto-biografia.





Ruth Handler – Empresária e estenógrafa dos estúdios da Paramount, co-fundadora da empresa Mattel, inventou a boneca Barbie em 1951 quando o marido, Elliot chegou em casa com uma amostra de um novo tipo de plástico chamado Lucite. Começaram então a fabricar, a Barbie, que rende 4,8 milhões de dólares por ano, e no início foi criticada por feministas e inspirou estudos acadêmicos em todo o mundo. com 85 anos. Tinha um cancro nos pulmões, e fez campanhas de conscientização sobre o assunto.






Sandra Bréa – Atriz nascida em 11/05/1952 no Rio de Janeiro (RJ), Sandra Bréa Brito começou a carreira aos 13 anos como modelo. Estreou no cinema em 1969 e foi para a TV em 1973 na novela ‘O Bem Amado’ e no musical ‘Sandra e Miele’. Atuou nas novelas ‘Felicidade’, ‘Tititi’ e’O Pulo Do Gato’, entre outras. Foi a primeira atriz brasileira a admitir que estava com o vírus HIV, em 1993. Ao saber que tinha a doença participou de campanhas de prevenção da doença. Casou-se 3 vezes: com o empresário Eduardo Espínolla Neto, com o fotógrafo Antonio Guerreiro e com o empresário gaúcho Arthur Guarisse. Tinha um filho adotivo, Alexandre . Morreu aos 47 anos no Rio de Janeiro, em 04/05/2000.





Sandra Dee – Atriz nascida em 23/04/1942 em Nova Jersey (EUA), Alexandra Zuck começou a carreira como modelo aos 13 anos, estampando capas de revistas e embalagens de produtos. Participou dos filmes ‘Aquele Ano Agitado’, ‘Imitação da Vida’, ‘Tammy e o Doutor’ entre outros. De acordo com entrevistas nos anos 90, Sandra teria sido abusada sexualmente por seu padrasto e forçada ao estrelato pela ambiciosa mãe Também gravou músicas e atuou na televisão. Foi casada com o astro Bobby Darin com quem teve o filho Dodd. Morreu de problemas nos rins em 23/02/2005 aos 63 anos na Califórnia.







Sarah Bernhardt – atriz, escritora e artista plástica nascida em 22/10/1844 em Paris, França, filha de uma cortesã, Henriette Rosine Bernard foi incentivada pela mãe a ser uma pessoa independente. Estudou teatro com o escritor Alexandre Dumas, mas ao ser demitida da Comedie Francaise após uma discussão com os colegas, decidiu ser prostituta como a mãe. Alguns anos depois mudou-se para a Espanha, retornou à Paris e mudou-se para Nova Iorque, onde conheceu o sucesso. Em 1886 veio ao Brasil onde riu da ‘pobreza’ de Dom Pedro II. Em 1905, de volta ao Brasil, machucou-se no palco e teve que amputar a perna, que lhe causava dores terríveis. Ficou conhecida como 'A divina Sarah' e pela bela voz. Chegou a atuar em filmes mudos, entre eles ‘A Vidente’. Teve um filho, Maurice. Morreu em 26/03/1923.




Sharon Stone - atriz nascida em 10/03/1958 na Pensilvania (EUA), é considerada uma das mulheres mais belas de Hollywood. Atuou em vários filmes, entre eles ‘Cassino’ e ‘Instinto Selvagem’. Entrou para a faculdade aos 15 anos (tem um QI 154, quando o índice médio é de 90 a 110). Foi casada com o jornalista Phil Bronstein, com quem tem dois filhos adotivos.Em setembro de 2001 teve aneurisma cerebral, mas se recuperou. Segundo a atriz, “ter idéias e uma vagina é uma mistura explosiva”.







Sharon Tate – Atriz nascida em Dallas, Texas em 24/01/1943, filha de um policial, Sharon Marie Tate começou a carreira como modelo. Aos seis meses, ganhou o seu primeiro concurso de beleza. Também foi Miss Tiny Tot de Dallas. Morreu em 09/08/1969 na Califórnia (EUA), assassinada na mansão onde morava, por membros de uma seita (estava grávida de 8 meses, de seu primeiro filho). Os assassinos foram presos.









Shelley Winters - Atriz nascida em 18/08/1922 em Illinois (EUA), Shirley Schrift atuou em vários filmes como "O Diário de Anne Frank", "Um Lugar ao Sol" e "A Fúria dos Anjos". No início da carreira, interpretou papéis de "mulher fatal". Ganhou dois Oscar. Nos anos 1990, atuou na série de TV 'Roseanne', interpretando a avó da protagonista. Namorou com quase todos os atores, com os quais contracenou. Tinha fama de falar e fazer o que gostava. Foi casada com Paul Meyer, Anthony Franciosa, Gerry DeFord e Vittorio Gassman. Teve uma filha, Vittoria-Gina. Sua vida é contada em duas autobiografias: 'Shelley: Also Know as Shirley e 'Shelley II: The Middle of My Century'. Morreu em 14/01/2006, de parada cardíaca, com 83 anos.




Simone Simon - Atriz nascida em 23/04/1910 em Béthune, França, Simone Thérèse Fernande Simon fez sucesso em Hollywood em filmes como ‘Seventh Heaven’, ‘The Cat People’ e ‘Mademoiselle Fifi’. Voltou para a Europa após a Segunda Guerra e continuou a fazer filmes. Abandonou a carreira nos anos 50. Antes de ser famosa, foi modelo e estilista. Morreu de causas naturais, em 22/02/2005 aos 94 anos, em Paris.









Sophia Loren – Atriz nascida em 20/09/1934 na Itália, Sofia Villani Scicolloe estreou no cinema após ganhar o título de 'Princesa do Mar' em Nápoles. Atuou em filmes como ‘Ouro de Nápoles’ e 'Duas Mulheres', que lhe rendeu um Oscar em 1961. Foi casada com o diretor Carlo Ponti, 20 anos mais velho, tem dois filhos: Carlo e Edoardo. Sua grande paixão foi o ator Frank Sinatra, galã que não a cortejava (dizem que foi por isso que se casou com Ponti: desilusão). Em 1982, aos 44 anos, foi presa no aeroporto de Roma por sonegação de impostos. Num concurso realizado em 1999 ganhou o titulo de ‘A Mais Bela do Século’.






Sônia Braga – Atriz nascida em 08/06/1950 em Maringá (PR), Sônia Maria Campos Braga começou a carreira em 1969 no cinema, atuando em filmes como 'Dona Flor e seus Dois Maridos' e 'O Beijo da Mulher Aranha'. Foi para a TV em 1970 onde atuou em novelas como 'Irmãos Coragem', 'Gabriela' e 'Dancing Days', além do programa ‘Vila Sésamo’, da TV Globo. Vive em Nova Iorque, chega a participar de filmes americanos. Namorou os atores Clint Eastwood, Robert Redford e o músico norte-americano, Mark Lambert. Não tem filhos.







Sylvia Koscina – Atriz nascida na Croácia em 22/08/1933, fez carreira no cinema italiano, para onde mudou-se ainda criança. Com o rótulo de ‘os mais belos olhos do mundo’ e curvas generosas, interpretava a mulher sedutora em produções banais. Seu filme mais importante foi ‘Julieta dos Espíritos’. Morreu de câncer em 26/12/1994 em Roma, aos 60 anos.











Sylvia Sidney – Atriz nascida em 08/08/1910 em Nova Iorque (EUA), estreou no cinema na década de 30, em filmes como ‘Sabotagem’. Parou de trabalhar em 1973 e seu último filme foi ‘Lembranças’, que lhe valeu a indicação para o Oscar de melhor atriz coadjuvante. Morreu em 01/07/1999, com 88 anos de câncer na garganta.









Susan Sarandon - Atriz nascida em 04/10/1946 em Nova Iorque (EUA), Susan Abigail Tomalin começou a carreira nos anos 80 atuando em filmes como 'O Óleo de Lorenzo', 'O Cliente' e 'Thelma e Louise'. Casada com o ator Tim Robins, com quem tem dois filhos. Seu primeiro casamento foi com o ator com Franco Amurri, com quem teve a filha Eva, que também é atriz. É conhecida por lutar pelos direitos humanos (certa vez, ao falar sobre a Aids na cerimônia do Oscar, acabou irritando a Academia).









Suzana Vieira – Atriz nascida em São Paulo em 23/08/1942, filha de pai militar e mãe diplomata, Sônia Maria Vieira Gonçalves começou a carreira como dançarina em programas musicais e em 1962 estreou na novela ‘Única Verdade’, na Tupi. Depois atuou em 'As Minas de Prata’, ‘Pigmalião 70’, ‘O Bofe’, entre outras. Nos anos 80 foi para o México e para a Venezuela atuar em novelas de lá. Foi casada duas vezes: com o diretor de TV Régis Cardoso, com quem teve o filho Rodrigo e com o empresário Carson, 30 anos mais moço que ela. Em 2004, aos 61 anos, fez plástica nos seios e lipoaspiração no corpo, tendo sido capa de várias revistas.





Tatum O'Neil - Atriz nascida em 1963 nos Estados Unidos, filha do ator Ryan O'Neal, foi a primeira atriz-mirim a ganhar um Oscar (foi premiada como atriz coadjuvante por 'Lua de Papel', em 1973, aos 10 anos de idade). Seu humor afiado e o vozeirão chamou a atenção, mas nunca mais fez filmes importantes. Em 2004 anunciou que foi espancada pelo pai ao saber da indicação dela ao Oscar e que ele a levava em festas onde rolava drogas e sexo. Foi casada com o tenista John McEnroe (que a espancava), e teve 3 filhos (ao se divorciar perdeu a guarda deles por ser viciada em heroína). Sua vida é contada em sua autobiografia.





Theda Bara – Atriz nascida em Cincinatti (EUA) em 20/07/1890, filha de um polaco e uma suíça, Theodora Goodman estreou no cinema em 1914 no filme 'Vampire'. No papel de vampira, estreou o beijo na boca no cinema ao colar seus lábios numa de suas vítimas. Apesar do sucesso imediato, sua carreira durou apenas 5 anos. No início da carreira teatral adotou o sobrenome da mãe: Theodosia de Coppett. Os chefões do cinema mandaram realçar seus olhos grandes com maquiagem escura e inventaram para ela uma história fantasiosa: que a atriz teria nascido à sombra de uma esfinge no Saara, fruto de um romance entre uma fugitiva e um artista francês. Por causa disso, durante 3 anos ostentou o título de vamp e foi chamada de gelada e perversa. Fez mais de 40 filmes, entre eles ‘Salomé’, ‘Carmem’, e ‘Cleópatra’. Foi casada com o produtor Marcos Loew e com o diretor Charles Brabin. Morreu em 07/04/1955 em Los Angeles.




Tina Modotti - Atriz nascida em 16/08/1896 na Itália, Assunta Adelaide Luigia Modotti mudou--se para os Estados Unidos na infância. Em 1922 foi para o México e em 1927 entrou para o Partido Comunista. Em 1930 foi acusada de conspiração contra o presidente e foi para a Alemanha onde participou da Aliança Antifascista Giuseppe Garibaldi. Teve um romance com o fotógrafo Edward Weston. Morreu de ataque cardíaco em 5/01/1942.







Tônia Carrero – Atriz nascida em 23/08/1922 no Rio de Janeiro (RJ), Maria Antonieta de Farias Porto Carrero começou a carreira na década de 40 no cinema. Na TV atuou em novelas como ‘Sangue do Meu Sangue’, ‘Louco Amor’, entre outras. Foi casada três vezes: com um empresário, com o ator Adolfo Celi e com o diretor de TV Carlos Thiré, com quem teve o filho Celso Thiré, que é ator e diretor.









Tizuca Yamasaki – Cineasta nascida em 12/05/1949 em Porto Alegre (RS), começou a carreira ainda na faculdade, como uma brincadeira. Foi assistente de Nélson Pereira dos Santos e dirigiu novelas como ‘Kananga do Japão’, da TV Manchete e filmes, como 'Pagu'. Tem 3 filhos, sendo uma adotiva.



Ursula Andress - Atriz nascida em 19/03/1936, estreou no cinema em Roma em 1953. Atuou em 'O Quinto Mosqueteiro', 'A Enfermeira', 'Ela, a Feiticeira', entre outros. Foi casada com o ator John Derek, que a incentivou a participar do filme 'Dr. No', do seriado 'OO7' seu grande sucesso em 1962. Nos anos 60 foi considerada a mulher mais bela do mundo.









Vanda Lacerda – Atriz e pianista nascida em 14/07/1924 no Rio de Janeiro (RJ), começou a carreira no rádio, mas foi demitida durante o Golpe Militar, em 1964. Na TV atuou em várias novelas como ‘Torre de Babel’ e ‘Quem É Você’ e em filmes como 'A Falecida' e Vidas Solitárias. Foi presidente do Sated (Sindicato dos Artistas) e lutou pela regulamentação da profissão de ator. Morreu de edema pulmonar em 15/07/2001 aos 77 anos, no Rio de Janeiro.



Vanessa Redgrave - Atriz nascida em 30/01/1937 em Londres, Inglaterra, filha de artistas, irmã dos atores Corin Redgrave e Lynn Redgrave estreou no cinema nos anos 60 em filmes como ‘A Voz Mágica’, ‘A Febre’ e ‘Crime e Punição’. Ganhou um Oscar por 'Julia' e recebeu indicação por outras fitas. Em 1968 deu um escândalo no aeroporto de Londres quando foi impedida de viajar de avião por estar grávida (na época este procedimento era normal). Foi casada duas vezes: com o diretor Tony Richardson, e com o ator Franco Nero, com quem teve um filho.






Vanja Orico - Cantora e atriz nascida em 15/11/1931 no Rio de Janeiro (RJ) filha do escritor paraense Oswaldo Orico, Evangelina Orico estreou no cinema em 1950 em filmes como 'Mulheres e Luzes’, 'Meu Limão Meu Limoeiro' e 'Lampião, o Rei do Cangaço’. Em 1973 produziu, escreveu e dirigiu `O Segredo da Rosa’ e 'Ele, o Boto'. Foi casada com André Rosenthal, com quem tem um filho.









Vera Fischer – Atriz brasileira nascida em 27/11/1951 em Blumenau (SC), ficou famosa aos 17 anos ao vencer o concurso de Miss Brasil 1969 (falsificou a identidade para participar). Estreou no teatro em 1972 Casou-se duas vezes: com o ator Perry Salles, com quem teve a filha Rafaela, e com o ator Felipe Camargo, com quem teve o filho Gabriel (o relacionamento foi tumultuado e após a separação houve luta pela guarda do menino). Antes de ser famosa chegou a namorar o ex-presidente Fernando Collor e outros políticos. Entre 1996 e 98 entrou no mundo das drogas e do álcool, chegando a agredir uma jornalista e a babá do filho.






Vida Alves – Atriz e advogada nascida em 15/04/1928, Itanhandu (MG), filha do engenheiro e poeta Heitor Alves, ficou famosa ao dar o primeiro beijo da TV na novela ‘Sua Vida me Pertence’ em 1951 na Tupi. Começou sua carreira no “Clube do Papai Noel”, na Rádio Difusora de São Paulo, como cantora-mirim, imitando Carmem Miranda. Em 1972, comandou o programa de entrevistas ‘Vida em Movimento’ na Gazeta em São Paulo. O programa inaugurou a TV colorida no Brasil. Foi casada com o engenheiro italiano Gianni Gasparinetti, com quem teve dois filhos. É fundadora da APITE, Associação dos Pioneiros da Televisão Brasileira, que é uma espécie de museu da televisão do Brasil.





Vivien Leight - Atriz nascida na Índia em 05/11/1913, Mary Harley foi para a Inglaterra em 1920. Viveu num internato onde aprendeu línguas e teatro. Fez 6 filmes antes de ir para Hollywood. Atuou em vários filmes, como 'Um Arranco para Oxford', 'Antônio e Cleópatra' e 'E o Vento Levou' (nesse filme usou lentes verdes como os da personagem - seus olhos eram azuis). Tinha vergonha das mãos muito grandes e vivia com elas nos bolsos. Casou-se duas vezes: com Leight Holman, com quem teve a filha Suzane e com o ator Lawrence Olivier. Teve um romance com o co-autor Joan Plowright. Morreu em 19/03/1967. Suas cinzas foram jogadas no lago Tickerage.







Virginia Lane – Cantora, compositora e vedete brasileira nascida em 28/02/1916 no Rio de Janeiro (RJ), Virginia Giaccone começou a carreira aos 15 anos de idade na rádio Mayrink Veiga e conquistou o título de ‘A Vedete do Brasil’. Atuou nos fimles 'A árvore dos Sexos', 'Os Pastores da Noite', 'O Viúvo Alegre', entre outros. Foi amante do ex-presidente Getúlio Vargas, que a assistia nos cassinos (teriam ficado juntos por 15 anos, e ela teria visto quem o assassinou, segundo uma entrevista que deu para uma rádio). Chegou a cursar um ano de faculdade de Direito. Tem uma filha adotiva, Marta. Em 2002 teve que colocar pinos nas pernas, após sofrer um acidente de carro.




Virginia Mayo – Atriz e dançarina nascida em 30/11/1920 no Missouri (EUA) , Virginia Clara Jones começou a carreira num coral e logo ganhou uma ponta no filme ‘A Princesa e o Pirata’ em 1944. Atuou depois em "Fúria Sanguinária", "Os Melhores Anos de Nossas Vidas", entre outros, com atuação em 50 filmes. Tornou-se uma das maiores estrelas do cinema mudo. Nos últimos anos de sua vida dedicou-se à pintura. Foi casada com Michael O'Shea. Teve uma filha, Catherine Mary. Morreu em 17/01/2005, com 84 anos de parada cardíaca.






Zélia Hoffman – Atriz e apresentadora nascida em 15/11/1924 no Rio de Janeiro (RJ), estreou na TV no final dos anos 50, aos 23 anos, quando saiu de casa para se casar (os pais a proibiam de atuar por ser uma profissão comparada à prostituição). Uma de suas personagens mais marcantes foi Maria Tereza no 'Chico Anysio Show' nos anos 60. Atuou em filmes como ´Salário Mínimo´, ´No Mundo da Lua´ e ‘Pintando o Sete’ e apresentou programas como 'A Grande Parada'. Vive na Casa dos Artistas.








Zezé Macedo – Atriz, redatora e comediante nascida em 1916 em Silva Jardim (RJ), Maria José Macedo participou de 108 filmes, como 'Fogo e Paixão', 'Natal da Portela' e 'Escorpião Escarlate'. Na TV fez, sucesso como Dona Bela, na Escolinha do Professor Raimundo. Estreou no teatro aos 4 anos de idade, mas encerrou a carreira aos aos 15 anos (só voltou após a morte do filho). Publicou 4 livros de poesias. Foi considerada a primeira-dama da chanchada nacional. Durante a Segunda Guerra Mundial, escreveu e leu notícias sobre o fato, na rádio em que trabalhava. Foi casada duas vezes: com o mecânico Alcides Manhães, com quem teve o único filho (o menino morreu com um ano de idade), e com o ator Victor Zambito. Morreu aos 85 anos de derrame cerebral em dia 08/10/1999 no Rio de Janeiro.




Zilka Salaberry - Atriz e economista nascida em 31/05/1917 no Rio de Janeiro (RJ), filha de artistas e irmão da atriz Lourdes Mayer, Zilka Nazareth de Carvalho Salaberry começou a carreira no cinema em 1936 no filme 'Cidade-Mulher'. No teatro de revista estreou nos anos 50 na peça 'Na Copa do Mundo' que tirava cada peça de roupa até ficar de calcinha e sutiã, sendo a primeira atriz a tirar a roupa no palco. Estreou na TV Globo em 1967 na novela 'A Rainha Louca'. Depois atuou em elas 'O Outro', "Pecado Capital", "Irmãos Coragem", entre outras. Foi a dona Benta do 'Sítio do Pica-pau-amarelo na TV Globo por 10 anos. Foi casada com o ator Mário Salaberry, com quem teve o único filho, Mário, que morreu em 2002. Morreu em 10/03/2005 aos 87 anos de insuficiência respiratória.






Zsa Zsa Gabor – Atriz nascida em 06/02/1917 em Budapeste, Hungria, Sári Gabor, começou a carreira após vencer o concurso de Miss Hungria. Estreou no cinema em "Lovely to Look At" em 1952 Casou-se oito vezes, sendo a última com o Príncipe alemão Frederidick Von Anhalt, em 1987. Em 2006, o marido anunciou que poderia ser o pai do filho da modelo Anna Nicole Smith, que morreu de overdose de remédios, abalando o casamento com a atriz. Ficou famosa pelas frases que usava para definir sua relação com os amantes.





Wilza Carla – Ex-vedete nascida em 1935 em Niterói (RJ), estreou aos 11 anos de idade, escondido da família (seu avô era governador do Rio de Janeiro). Atuou em filmes como 'Chico Viola não Morreu', 'Trabalhou Bem Genival' e 'Leonora dos Sete Mares', e a novela "Jeronimo, O Herói do Sertão" e Saramandaia. Foi Rainha do Carnaval de 1950 Nos anos 70 foi para a TV trabalhar como jurada no programa de Sílvio Santos, no SBT e em humorísticos como “Praça da Alegria” na TV Tupi. Foi conhecida pelo belo corpo, mas nos anos 80, já obesa e diabética, ficou sem trabalho e hoje vive da ajuda de amigos. Teve vários romances, entre eles com o bandido Lúcio Flávio e o ex-presidente Juscelino Kubitscheck. Teve uma filha, Paola.





Woopy Goldberg - Atriz nascida em 13/11/1949 em Nova Iorque (EUA), Caryn Johnson estreou no teatro aos 8 anos, e hoje recebe um dos maiores salários de Hollywood. Atuou em filmes como 'Ghost', 'Rosa Púrpura' e 'Um Ritual do Barulho'. De 1994 a 1996 apresentou o Oscar. Antes de ser famosa foi maquiadora de defuntos. Tem uma filha, Alexandra.












Yvone Craig - Atriz nascida na Califórnia (EUA), ficou famosa ao interpretar a Batgirl, nos anos 60, na série de televisão, Batman. Ela também atuou em vários filmes ao lado de Elvis Presley, e interpretou Marta, uma Orion que queria matar o Capitão Kirk, na terceira temporada de Star Trek. Durante sua carreira, além de Batgirl, Craig apareceu em diversas séries de TV. Longe do cinema, trabalhava como agente imobiliária. Morreu em 18/08/2015, vítima de câncer de mama, aos 78 anos de idade. Seu último trabalho foi em 2009, no desenho animado “Olivia”, da Nickelodeon no papel de uma avó.